PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Centro de Educação Permanente em Gestão em Saúde – Cursos Ofertados

24 de outubro de 2008 - 20:53

1. ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE

1.1 Apresentação: Este curso faz parte do Programa de Expansão e Melhoria da Atenção Especializada de Saúde, através da ação de Fortalecimento da Gestão e Melhoria Contínua da Qualidade dos Serviços e será parte do processo de seleção pública para gestores dos novos equipamentos de saúde.

O Ceará vem, desde 2001, procurando avançar na estruturação da rede de serviços de saúde, sempre no sentido de garantir a integralidade da assistência. Centros Regionais Especializados em Odontologia serão implantados em municípios-sede de microrregião, ofertando atendimento nas áreas de dentística, endodontia, ortodontia, periodontia cirúrgica, cirurgia, detecção precoce de câncer de boca, atendimento à dor orofacial, prótese e radiodiagnóstico. Para os gestores destas unidades, faz-se necessária a utilização de instrumentos gerenciais e a adoção de práticas gerenciais inovadoras, que avaliem resultados com base em planejamento e programação de saúde.

1.2 Público-alvo: Candidatos aos cargos de diretor-geral e diretor administrativo-financeiro dos Centros de Especialidades Odontológicas das Microrregiões de Saúde do Ceará.

1.3 Objetivos: Preparar os alunos a atuarem como gestores das unidades consorciadas entre municípios e Estado, onde serão partícipes da construção de uma gestão pautada na melhoria contínua da qualidade.

1.4 Conteúdo: Introdução à Metodologia de Aprendizagem; Políticas de Saúde no Brasil e Organização dos Serviços; Planejamento de Serviços de Saúde; Gerência dos Serviços de Saúde; Gestão da Qualidade em Saúde; Desenvolvimento de Liderança em Saúde; Metodologia de Pesquisa Aplicada à Gestão em Saúde.

1.5 Metodologia: Para que os objetivos propostos sejam atingidos, o curso utilizará a metodologia de Ensino-Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem Based Learning/ PBL). Serão utilizadas, além de grupos tutoriais, estratégias educacionais complementares como exposição interativa, estudos de caso, estudos dirigidos, oficinas de trabalho, apresentações orais, mesas redondas, dentre outras.

1.6 Carga-horária: De 460 horas, distribuídas em 7 módulos, sendo 360 horas de atividades presenciais, acrescidas de 100 horas para o trabalho de conclusão do curso (TCC).
 
2. ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE SISTEMAS E SERVIÇOS DE SAÚDE – GESTÃO DO SUS

2.1 Apresentação: O processo de descentralização e municipalização no Sistema Único de Saúde – SUS implica no fortalecimento em nível local. Por isso, o melhoramento dos processos de gestão é um dos principais desafios para os gerentes municipais de saúde. E, de acordo com o Plano de Estadual de Educação Permanente baseado na Portaria 1996, os secretários municipais e suas equipes técnicas têm assumido gradativamente maiores responsabilidades na gestão do Sistema de Saúde. Partindo-se do princípio de que o desenvolvimento da capacidade gerencial desses profissionais constitui-se em um elemento estratégico para garantir novos avanços no campo da saúde, busca-se com este curso, assegurar uma oportunidade para que eles desenvolvam as competências necessárias para o bom desempenho de seu trabalho, essencial para a conquista de serviços públicos eficientes, dignos da população cuja qualidade de vida se propõe melhorar.

2.2 Público-alvo: Gestores, assessores técnicos e demais profissionais, preferencialmente integrantes das equipes gestoras dos sistemas municipais de saúde.

2.3 Objetivos: Desenvolver as competências necessárias para o gerenciamento e operacionalização das ações no âmbito da gestão em saúde.

2.4 Conteúdo: Introdução à Metodologia de Aprendizagem; Políticas de Saúde no Brasil e Organização de Serviços; Planejamento em Saúde; Aprendizagem e Liderança (EAD); Gestão da Atenção; Desenvolvendo a Prática da Automotivação (EAD); Sistemas de Informação em Saúde; Administração de Conflitos e Negociação (EAD); Gestão Administrativa e Financeira do SUS; Regulação em Saúde; Gestão de Tecnologias em Saúde; Metodologia da Pesquisa

2.5 Metodologia: Para que os objetivos propostos sejam atingidos, o curso utilizará a metodologia de Ensino-Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem Based Learning/ PBL). Serão utilizadas, além de grupos tutoriais, estratégias educacionais complementares como exposição interativa, estudos de caso, estudos dirigidos, oficinas de trabalho, apresentações orais, mesas redondas, dentre outras.

2.6 Carga-horária: 460 horas, sendo 288 horas presenciais, 72 horas à distância e 100 horas dedicadas à elaboração de monografia.
 
3. ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE UNIDADES DE ESPECIALIDADES MÉDICAS
    
3.1 Apresentação: Este curso faz parte do Programa de Expansão e Melhoria da Atenção Especializada de Saúde, através da ação de Fortalecimento da Gestão e Melhoria Contínua da Qualidade dos Serviços e será parte do processo de seleção pública para gestores dos novos equipamentos de saúde.
O atual Governo estabeleceu como meta a construção. e implantação de Implantação Implantação de 20 (vinte) Centros de Especialidades Médicas em municípios de apoio ao sistema de referência microrregional, ofertando atendimento médico e serviços auxiliares de diagnóstico e terapêuticos, com atendimento especializado  para as pessoas portadoras de deficiências.
Para os gestores destas unidades, faz-se necessária a utilização de instrumentos gerenciais e a adoção de práticas gerenciais inovadoras, que avaliem resultados com base em planejamento e programação de saúde.

3.2 Público-alvo: Candidatos aos cargos de diretor-geral e diretor administrativo-financeiro dos Centros de Especialidades Médicas das Microrregiões de Saúde do Ceará.

3.3 Objetivos: reparar os alunos para atuarem como gestores das unidades públicas, onde serão partícipes da construção de uma gestão pautada na melhoria contínua da qualidade. Capacitar os alunos para o desenvolvimento dos planos estratégico, de informação, de recursos humanos, do ambiente e de melhoria contínua da qualidade para as unidades de saúde.
 
3.4 Conteúdo: Introdução à Metodologia de Aprendizagem; Políticas de Saúde no Brasil e Organização dos Serviços; Planejamento de Serviços de Saúde; Gerência dos Serviços de Saúde; Gestão da Qualidade em Saúde; Desenvolvimento de Liderança em Saúde; Metodologia de Pesquisa Aplicada à Gestão em Saúde.

3.5 Metodologia: Para que os objetivos propostos sejam atingidos, o curso utilizará a metodologia de Ensino-Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem Based Learning/ PBL). Serão utilizadas, além de grupos tutoriais, estratégias educacionais complementares como exposição interativa, estudos de caso, estudos dirigidos, oficinas de trabalho, apresentações orais, mesas redondas, dentre outras.

3.6 Carga-horária: 460 horas, distribuídas em 7 módulos, sendo 360 horas de atividades presenciais, acrescidas de 100 horas para o trabalho de conclusão do curso (TCC).

 

4. APERFEIÇOAMENTO EM GESTÃO DOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL
     
4.1 Apresentação: O Aperfeiçoamento em Gestão de Atenção em Saúde Bucal parte da premissa de que a necessidade da formação de profissionais da área da saúde nesta especialidade configura-se como elemento estratégico do Sistema Único de Saúde. O curso visa a formar profissionais com espírito crítico-reflexivo que venham a atuar no sistema oficial de saúde visando, entre outros, à conscientização da população para a defesa de seus direitos na área de saúde, aprofundamento das evoluções propostas pela Estratégia de Saúde da Família e humanização do atendimento.

4.2 Público-alvo: Gestores estaduais e municipais de serviços de atenção em saúde bucal e cirurgiões-dentistas com perfil de futuros gestores do Sistema Único de Saúde.

4.3 Objetivos: Capacitar cirurgiões-dentistas com atuação nos serviços públicos de saúde, na condição de gestor, visando a  estratégias e ações com referencial no Sistema Único de Saúde. Formar gestores com visão ampla de gerenciamento e planejamento em saúde, sempre com base na epidemiologia e na realidade social da população envolvida.

4.4 Conteúdo: Políticas públicas de saúde bucal, Desenvolvimento de liderança, Promoção de saúde, Organização e avaliação dos serviços de saúde bucal, Epidemiologia em saúde bucal, Sistemas de informação em saúde bucal, Relações humanas em saúde, Recursos humanos em saúde bucal, Gestão e planejamento da atenção em saúde bucal, Gestão político-administrativo dos serviços de saúde bucal, Financiamento das ações de saúde bucal, Gestão de tecnologias em saúde bucal.                          

4.5 Metodologia: As atividades serão divididas em áreas de estudo, permitindo uma maior interdisciplinaridade, com aumento de complexidade ao longo do curso. Para alcance dos objetivos propostos, as aulas serão desenvolvidas a partir de atividades que promovam a efetiva construção do conhecimento, tendo o aluno como centro do processo. Para isto serão desenvolvidos seminários, pesquisas de campo, dinâmicas de grupo e outras estratégias que permitam uma constante reflexão e análise sobre os problemas vivenciados e a busca, a partir do referencial teórico e prático, de soluções adequadas. Outra estratégia a ser implantada é o desenvolvimento de atividades à distância. Outro aspecto de inovação introduzido pelo curso é a construção de trabalhos de conclusão que sejam propostas viáveis de serem desenvolvidas nos próprios serviços de saúde.

4.6 Carga-horária: 180 horas-aula.


5. ATUALIZAÇÃO EM ACOMPANHAMENTO DE TERMOS DE COMPROMISSSO EM GESTÃO DAS UNIDADES DE SAÚDE

5.1 Apresentação: Este curso faz parte do Programa de Expansão e Melhoria da Atenção Especializada de Saúde, cuja estratégia principal é a regionalização dos serviços médicos de atenção secundária e terciária, em municípios-pólos, para assistência à população do interior do Estado, inaugurando um momento importante na saúde pública cearense.

Essa capacitação visa a construir competências em gestão para acompanhar o modelo de gestão da rede de unidades de referência (ambulatorial e hospitalar) que vêm acontecendo na Secretaria da Saúde do Ceará, visando a construir um novo estilo de relação com acordos bilaterais, com compromissos e autonomia, cultura de gestão que avalie resultados, com planejamento anual e garantia de financiamento.

5.2 Público-alvo: Integrantes das equipes de gerentes da SESA-CE em nível estratégico e microrregional – e docentes, totalizando 50 participantes. Estes deverão estar, preferencialmente, na liderança ou envolvidos nas ações do Plano Operativo do Termo de Compromisso de Gestão no Corpo Docente das Instituições Formadoras.

5.3 Objetivos: O objetivo deste curso consiste em instrumentalizar o corpo de gerentes, técnicos e docentes do Sistema Estadual de Saúde, com ferramentas de gestão, visando a otimizar a capacidade de gestão e monitoramento da rede de serviços de saúde. Mais especificamente, pretende-se sensibilizar estes profissionais para o incentivo ao uso de ferramentas de gestão.

5.4 Conteúdo: Organizações de Serviços de Saúde e seu Planejamento Estratégico; Termos de Compromissos para as Unidades de Saúde (hospitalar e ambulatorial); Gestão Clínica nas Unidades de Saúde; Gestão Financeira e do Abastecimento das Unidades de Saúde; Sistemas de Acompanhamento-Metodologia; Instrumentos, Indicadores e Sistema de Informação Gerencial

5.5 Metodologia: O conteúdo será desenvolvido através de oficinas de instrumentalização.Os participantes serão distribuídos entre as oficinas hospitalares e de unidades de especialidades médicas e odontológicas. Os conteúdos e atividades serão relacionados com as áreas de interesse para garantir a execução das operações do Termo de Compromisso de Gestão e alcance das metas especificadas.

5.6 Carga-horária: O curso terá cinco módulos, com carga-horária de 36 horas, cada.  


6. ATUALIZAÇÃO EM CONTROLE, AUDITORIA, REGULAÇÃO E AVALIAÇÃO

6.1 Apresentação: As transformações produzidas pelo SUS no decorrer de sua implantação, bem como o aprimoramento da gestão, estão a exigir uma maior capacidade regulatória e fiscalizatória frente ao sistema. E, de acordo com o Plano de Estadual de Educação Permanente, baseado na Portaria 1996, foram definidas prioridades para o SUS do Ceará junto aos municípios que compõem as microrregiões. Foram identificadas também necessidades de capacitação/atualização dos trabalhadores, relacionadas aos processos de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria, visto que há o reconhecimento de dificuldades na implementação e desempenho das atividades ligadas a estas funções.

6.2 Público-alvo: Técnicos dos municípios, preferencialmente integrantes dos serviços de controle, auditoria, regulação e avaliação da saúde.

6.3 Objetivos: Propõe-se que os participantes estejam aptos a organizar e operacionalizar um Sistema de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria Municipal, buscando transformar as práticas nestas áreas, incorporando saberes e adequando-se às atuais necessidades da gestão do SUS.

6.4 Conteúdo: Atenção à Saúde no SUS; Controle, Regulação e Avaliação das Ações e Serviços de Saúde; Auditoria da Atenção à Saúde no SUS.

6.5 Metodologia: A proposta contempla a utilização de metodologias que possam romper com a forma vertical de ensinar, estimulando no profissional de saúde seu potencial criador e de compreensão da realidade em permanente transformação. As atividades serão desenvolvidas a partir da utilização de estratégias educacionais, dentre elas: estudo em grupo (grupo tutorial), oficina de trabalho (levantamento de situações-problemas, troca de experiências e indicação de soluções), estudo dirigido, debate, mesas redondas e exposições interativas.

6.6 Carga-horária: 40 horas, divididas em três módulos.
 

7. FORMAÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM ACOMPANHAMENTO DE TERMOS DE COMPROMISSO DAS UNIDADES DE SAÚDE

7.1 Apresentação: Compete à Secretaria da Saúde do Ceará assegurar o bom desempenho gerencial dos novos serviços, com parâmetros de qualidade para monitoramento e avaliação da rede bem definidos em termos de assistência, de modo a obter a integralidade e a resolutividade da atenção à saúde, sob o marco contínuo da melhoria da qualidade e geridos pela dimensão da eficiência. O processo de reestruturação de modelos de gestão da rede de unidades de referência ambulatoriais e hospitalares requer a construção de instrumentos e práticas de gestão que avaliem resultados com base em planejamento e programação, sendo necessária a implantação de ferramentas para as unidades de saúde com controle da gestão e dos sistemas de informação gerencial em saúde. Para assegurar a excelência no desempenho gerencial assume-se implementar a formação de formadores e a instrumentalização para novos gestores.

7.2 Público-alvo: Profissionais de nível superior com experiência em gestão de unidades/instituições de saúde, experiência em docência.

7.3 Objetivos: Formar tutores para o Curso de Acompanhamento de Termos de Compromisso em Gestão das Unidades de Saúde.

7.4 Conteúdo: Acreditação de Serviços de Saúde, Avaliação Tecnológica em Saúde, Método de Monitoramento de Planejamento (Balance Score Card), Gestão por Competência e Sistema de Custos Variáveis como Método de Pactuação.

7.5 Metodologia: O conteúdo será desenvolvido por meio de oficinas de instrumentalização. Os participantes serão distribuídos entre as oficinas hospitalares e de unidades de especialidades médicas e odontológicas. Os conteúdos e atividades serão relacionados com as áreas de interesse para garantir a execução das operações do Termo de Compromisso de Gestão e o alcance das metas especificadas. Serão utilizadas também aulas expositivas.

7.6 Carga-horária: O conteúdo será trabalhado em cinco módulos com 40 horas, cada.