PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Especialização em Vigilância Sanitária realiza encontro entre os dias 25 e 27 de maio

24 de maio de 2022 - 16:29 # # #

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE

Com o objetivo de qualificar profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) e refletir sobre os aspectos da construção e fortalecimento da identidade do profissional de Vigilância Sanitária, a Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), realizará entre os dias 25 a 27 de maio o VI Encontro da Turma de Especialização em Vigilância Sanitária.

O evento ocorrerá na modalidade remota e buscará também estimular uma reflexão dos participantes sobre a postura ético-profissional na condução das ações de Vigilância Sanitária. 

De acordo com a coordenação do curso, que é ofertado pela Gerência de Pós-Graduação  em Saúde (Gepos) da ESP, os profissionais desenvolverão, durante a oficina, atividades de ensino-aprendizagem baseado nos módulos de “Risco Sanitário”, “Metodologia Científica”, além da disciplina sobre “Ética e Pesquisa”. 

A 10ª turma da especialização iniciou suas atividades em novembro de 2021. Todos os profissionais são trabalhadores de nível superior do Sistema Único de Saúde (SUS), com atuação específica nos serviços da Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covis) da Sesa; dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen); Superintendências Regionais de Saúde e suas respectivas Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS); Coordenadoria de Vigilância Sanitária de Portos, Aeroportos e Fronteiras do Ceará; e Vigilância Sanitária dos municípios.

Especialização em Vigilância Sanitária 

O Curso de Especialização em Vigilância Sanitária possui carga horária de 460 horas e ocorre na modalidade semipresencial. Todo o processo seletivo e matrícula dos estudantes ocorreu por meio dos lançamentos de editais na plataforma de seleções da ESP/CE em 2021. A previsão é de que a turma conclua as atividades em março de 2023.

A iniciativa é ofertada pela ESP/CE desde o ano 2000. Ao longo desse período, mais de 200 especialistas já foram formados pela instituição. O projeto integra as ações desenvolvidas pela Diretoria de Educação e Extensão da ESP, por meio da sua Gerência de Pós-Graduação em Saúde (Gepos) e em parceria com a Coordenadoria de Vigilância Sanitária (Covis) da Sesa.