PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Papo SUS dialoga sobre centralidade das residências em saúde na formação profissional

4 de outubro de 2021 - 11:49 # # # # #

Texto: Daniel Araújo Arte Gráfica: Júlio Lopes


Consideradas padrão ouro da prática da educação em Saúde na modalidade pós-graduação, as Residências em Saúde representam uma importante janela na formação de profissionais em todo o Brasil. No Ceará, o Programa Ampliares – Ampliação e Regionalização das Residências em Saúde – busca fortalecer a rede de atenção, de acordo com as necessidades regionais, por meio da qualificação da formação de profissionais residentes. E nesta terça-feira (5), o assunto será o mote do Papo SUSlive promovida pela Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

O tema “Residências em Saúde: modalidade diferenciada de formação” será discutido ao vivo às 19h30 no perfil oficial da ESP/CE no Instagram. As convidadas são a coordenadora-geral da Residência Multiprofissional em Saúde da ESP/CE, Suzyane Barcelos, e a supervisora do Programa de Ginecologia e Obstetrícia da ESP/CE e vice-presidente da Comissão Estadual de Residência Médica do Ceará, Sílvia Melo. A mediação será feita pela supervisora do Centro de Extensão em Saúde da ESP/CE, Luciana Lopes.

Durante a transmissão, serão discutidas questões sobre a natureza e o papel das residências em Saúde da Escola; a importância dessa formação para os profissionais que nela ingressam, além dos projetos em desenvolvimento pelos programas e outros assuntos pertinentes ao universo da iniciativa.

Prazo das inscrições

Para os profissionais da Saúde que desejam fazer parte desse processo, as residências em Saúde da ESP/CE seguem com inscrições abertas. A Residência Multiprofissional em Saúde disponibiliza 391 vagassendo 125 destinadas ao componente hospitalar e 266 ao componente comunitário. As inscrições encerram-se às 18 horas do dia 7 de outubro de 2021, no site do Ares.

Já a Residência Médica (Resmed) encontra-se com inscrições abertas para três diferentes editais até o dia 8 de outubro. Na seleção de acesso direto, são ofertadas 368 vagas em diferentes instituições do Ceará. Somado a essas, estão disponíveis mais cem vagas em especialidades variadas, além da seleção via anos adicionais, que tem 94 vagas. Nestas duas categorias da seleção, o candidato precisa ter cursado alguma residência anteriormente.

No Ceará, as residências médica e multiprofissional da ESP/CE coordenam mais de 1.200 residentes que atuam em 20 municípios das cinco Regiões de Saúde no Estado. Recentemente, os programas passaram a contar com uma base de dados disponibilizada na no IntegraSUS. A plataforma do Governo do Ceará reúne números de vagas ofertadas, ocupadas e em formação em todo o território cearense, por exemplo.

Papo SUS

Residências em Saúde: modalidade diferenciada de formação
Quando: terça-feira (5), às 19h30
Convidadas:
– Suzyane Barcelos, coordenadora geral da Residência Multiprofissional em Saúde da ESP/CE
– Silvia Melo, supervisora do Programa de Ginecologia e Obstetrícia da ESP/CE e vice-presidente da Comissão Estadual de Residência Médica do Ceará.
Acesse o perfil oficial da ESP/CE no Instagram