PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Curso capacita profissionais do Projeto Nascer

19 de maio de 2010 - 10:39

 

                                                                                                Fotos: Andréa Veras

 

 

Capacitar equipes multiprofissionais das maternidades cadastradas no Projeto Nascer, visando a melhoria da qualidade do atendimento à gestante, puérpera e recém-nascido, redução da transmissão vertical do HIV e controle da Sífilis Congênita.  Essa é a proposta do Curso Aconselhamento e Testagem Rápida como Diagnóstico da Infecção pelo HIV, que acontece, de 19 a 21 de maio, na Escola de Saúde do Ceará (ESP-CE).

O curso é uma iniciativa da Escola de Saúde Pública do Ceará, através da Coordenadoria de Pós-Graduação em Vigilância da Saúde, em parceria com a Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria Estadual da Saúde do Ceará, por meio do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças.

Essa capacitação faz parte do Projeto Nascer, que foi lançado pelo Ministério da Saúde em 2002 e tem como objetivo evitar ao máximo a transmissão da AIDS e da Sífilis da mãe para o filho durante a gestação. O Projeto Nascer é desenvolvido em maternidades do Sistema Único de Saúde em municípios considerados prioritários.

Durante o curso será utilizada a apostila “Capacitação para o Diagnóstico da Infecção do HIV utilizando Testes Rápidos”, elaborada pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (BRASIL, 2010) e o Manual do “Projeto Nascer”, elaborado pela Secretaria Executiva – Coordenação Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde (BRASIL, 2003).

Transmissão

A taxa de transmissão vertical do HIV, sem qualquer intervenção, situa-se em torno de 25,5%. No entanto, diversos estudos publicados na literatura médica demonstram a redução da transmissão vertical do HIV para níveis entre zero e 2% por meio de intervenções preventivas (BRASIL, 2003).

A utilização de novas tecnologias como o teste rápido, que é disponibilizado pelo Governo Federal, viabiliza o acesso ao diagnóstico de HIV, favorecendo a adequação da rede de atenção e revisão dos fluxos de referência e contra-referência entre serviços de pré-natal e laboratórios de testagem.

A realização do teste rápido do HIV e Sífilis em mulheres que não fizeram os exames no pré-natal da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) amplia a cobertura do Programa de Humanização do Pré-Natal e Nascimento, além disso, visa garantir todos os procedimentos médicos que impedem a transmissão do vírus da mãe para o bebê nos três momentos em que isto pode ocorrer: na gravidez, no parto e na amamentação.

Neste contexto, a Escola de Saúde Pública do Ceará, em parceria com a Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria Estadual da Saúde do Ceará, através do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças promove a “Capacitação em Aconselhamento e Testagem Rápida como Diagnóstico da Infecção pelo HIV”, visando contribuir para a atualização de conhecimento de equipes multiprofissionais para a realização de testagem rápida e indicação terapêutica, pontos fundamentais para uma prestação de serviços de saúde de qualidade e promoção da saúde.

Em termos específicos, o curso objetiva discutir métodos e ações de acolhimento às gestantes e aconselhamentos na maternidade; aplicar metodologia para a realização do Teste Rápido; apresentar as técnicas utilizadas no manejo clínico da parturiente HIV+ e ao recém-nascido exposto ao HIV e/ou com Sífilis Congênita; preparar os participantes para a assistência adequada à puérpera HIV+ e ao recém-nascido exposto ao HIV e/ou com Sífilis Congênita; apresentar as ferramentas necessárias para a implementação de ações de Vigilância Epidemiológica para a parturiente infectada pelo HIV/Sífilis e criança exposta ao HIV e/ou com Sífilis Congênita.

 

Mais informações: (85) – 3101.1400