PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Residentes participam de Curso Inaugural na ESP-CE

28 de janeiro de 2010 - 10:24

 

                                                                                                  Foto: Andréa Veras

 

Palestras e mesas redondas sobre diferentes temáticas estão em pauta na programação do Curso Inaugural da Residência Médica 2010, que acontece nos dias 28 e 29, no auditório Ciro Gomes, na sede da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), numa promoção da Coordenadoria de Residências em Saúde.

A solenidade de abertura contou com as presenças de Francisco Monteiro, representando o secretário da Saúde do Ceará, João Ananias; do superintendente da ESP-CE, Haroldo Pontes; da coordenadora do CERME, Elsie Kubrusly; dos coordenadores dos hospitais da rede pública estadual; e dos médicos residentes.

 

Ao saudar os médicos residentes, Francisco Monteiro falou dos esforços da Secretaria de Saúde do Ceará no sentido de ampliar o número de vagas da Residência Médica no Estado com o objetivo de formar médicos especializados que possam atender às necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). “É importante capacitar médicos para o SUS, que enfrenta um grande gargalo nas áreas de alta complexidade médica”, ressaltou Monteiro.

 

                                                                                                 Foto: Andréa Veras

 

 

Monteiro destacou que existe uma preocupação consensual por parte do governo estadual, entidades médicas e universidades de que o aumento do número de vagas para a Residência Médica não possa prejudicar a qualidade da especialização. “O que gostaríamos é que os residentes médicos possam, cada vez mais, contribuir para a melhoria da RM  e, por extensão, do SUS”, frisou Monteiro.

Em suas palavras de boas vindas aos residentes, Haroldo Pontes, superintendente da ESP-CE, fez uma pequena retrospectiva da criação do SUS, da missão da ESP-CE e de suas atividades. Inicialmente, Haroldo Pontes reforçou a importância do SUS como maior projeto de inclusão social do mundo, fruto da ousadia do povo brasileiro.  Ele reconheceu, porém, que o SUS tem inúmeras dificuldades que precisam ser superadas.

 

Criada após o nascimento do SUS, a ESP-CE, segundo Haroldo Pontes, é uma das ferramentas para consolidação do SUS, tendo como principal missão qualificar profissionais de saúde na perspectiva de aperfeiçoar o atendimento prestado aos usuários do SUS.

 

Diante dos novos desafios da área da saúde, no âmbito estadual, Haroldo Pontes enumerou a formação de profissionais de saúde – sob a responsabilidade da ESP-CE – que atuarão nas Policlínicas e Centro de Especialidades Odontológicas (CEOs), em fase de construção pelo Governo do Estado.  Em relação à ESP-CE, Pontes enfatizou as conquistas como, por exemplo, o aumento de alunos treinados nos cursos oferecidos pela instituição. De 2 mil alunos/ano treinados nos últimos três anos, a ESP-CE passou, em 2009, para 16 mil alunos/ano.   

 

PROGRAMAÇÃO
 
Na programação do dia 28, estão agendadas, para o período da manhã, duas palestras: uma sobre Política de Expansão e Melhoria da Assistência Especializada à Saúde do Ceará, a ser proferida por José Arruda Bastos, secretário executivo da Sesa; e outra sobre Conhecendo a Residência Médica e os Coordenadores, com depoimentos dos coordenadores dos hospitais da rede pública estadual.

 

Ainda no dia 28, na parte da tarde, a partir das 13h30min, acontece a palestra Bases Microbiológicas no Controle da Infecção Hospitalar, por Tereza Bandeira; e uma mesa redonda sobre a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, tendo como debatedores os médicos Lia Fernandes, Olga Vale, Iran Rabelo e Jorge Luis Nobre.

 

No segundo dia do Curso, as atividades começam, às 8h30min, com a palestra sobre Importância da Pesquisa na Residência Médica – Metodologia Quantitativa, a ser ministrada por Nádia Almeida. Em seguida, às 9h50min, a médica Fátima Antero falará sobre a Importância da Pesquisa na Residência Médica – Metodologia Qualitativa. Logo depois, Paulo Almeida apresentará a palestra sobre Bioestatística na Prática Médica.

 

Já no período da tarde do dia 29, o Curso agendou quatro palestras: Relação Médico Paciente, por Fernando Queiroz Monte; Atestados Médicos, por Ivan de Araújo Moura Fé; Beneficiência e Autonomia, por Roberto Wagner Bezerra de Araújo; e Responsabilidade Médica, por Dalgimar Beserra de Menezes.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE