PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Curso Nacional de Gestores do SUS começa dia 27 no Ceará

22 de outubro de 2009 - 12:00

 
 
O objetivo é fortalecer gestão da Saúde dos municípios
 
 
Acontece nos dias 27 e 28 de outubro, a partir das 8h30, na Escola de Saúde Pública do Ceará, o momento presencial do Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS, reunindo 311 gestores em saúde de 30 municípios do Ceará.  As aulas vão começar esta semana nos nove estados do Nordeste, para cerca de 2 mil alunos. O objetivo é fortalecer o Sistema Único de Saúde por meio da qualificação de 7,5 mil gestores de todo o país, levando em conta aspectos regionais da atenção à saúde.
A ESP-CE é responsável pela coordenação no Ceará. Além de coordenar a seleção dos alunos e tutores, a ESP-CE está disponibilizando um espaço, com seis laboratórios de informática para que eles possam acompanhar o processo educacional de cada aluno, que também contará com toda a estrutura de ensino à distância que a ENSP disponibiliza. A abertura terá uma exposição sobre o Pacto pela Saúde, seguida sobre uma explanação sobre o trabalho da tutoria e o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), base estrutural do curso.
 
Em relação ao conceito de aluno-equipe, uma das ideias-força do curso, o superintendente da ESP-CE, Haroldo Pontes, explica que a qualificação deve causar impacto na gestão da saúde dos municípios, pois não apenas uma pessoa, mas toda uma equipe de gestores vai ser capacitada. Foi levado em conta, inclusive, que muitos dos gestores não concluíram curso de graduação.
 
Estrutura
Segundo o coordenador pedagógico José Batista Tomaz Cisne, o curso terá duração de sete meses, 180 h/a e exigirá, no mínimo, sete horas de dedicação semanal do aluno. Além dos momentos presenciais, que totalizam 24 h/a, são estratégias de aprendizagem o relato da vivência prática de cada gestor e suas especificidades, o enfrentamento de situações-problema e o sistema de avaliação.
Cada aluno vai receber um kit contendo CD com publicações sobre o Pacto pela Saúde, CD com apresentação do curso, caderno de orientação e caderno de textos, com conteúdo referente aos quatro módulos.

Sobre o curso

O curso é realizado na modalidade à distância, para 7,5 mil alunos em todo o país, por meio de uma parceria envolvendo 34 instituições formadores em saúde pública. É também um componente do Programa Mais Saúde, do Ministério da Saúde, coordenado pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), com apoio do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde (Conasems) e, no Ceará, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e Conselho dos Secretários e Secretárias de Saúde do Ceará (Cossems-CE).  
A definição de vagas para o Ceará aconteceu por meio de Resolução da Comissão Intergestores Bipartite do Ceará (CIB/CE). A relação dos municípios selecionados se deu de acordo com os critérios de regionalização e priorização na redução da mortalidade infantil. Foram estabelecidos quatro pólos para a tutoria regionalizada, pois além da modalidade à distância, há necessidade de contatos presenciais entre alunos e tutores, que estarão disponíveis quatro horas por semana.
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE