PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Juazeiro do Norte sedia Fórum Científico de HIV/Aids

21 de outubro de 2009 - 10:54

 

O município de Juazeiro do Norte sediou, no último dia 21, VI Fórum Científico de HIV/Aids na Atenção Básica, contemplando os profissionais da área de saúde que atuam na atenção básica. O Fórum, que reuniu 300 participantes, foi realizado na Faculdade de Medicina daquele município da região do Cariri.

O encontro teve como finalidade propiciar um debate científico sobre a infecção pelo HIV com enfoques nas áreas de transmissão e prevenção, diagnóstico (com ênfase na detecção precoce) e cuidados de atenção básica às pessoas vivendo com HIV/Aids, que são assistidas em serviços de referência.

O evento é uma iniciativa conjunta da Coordenadoria de Promoção e Prevenção da Saúde, através do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças e Agravos da Secretaria de Saúde do Ceará (SESA) e da Coordenadoria de Pós-Graduação de Vigilância da Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE).

A programação do Fórum envolve os trabalhadores de saúde numa reflexão sobre temas ligados a prevenção e controle da DSTs/AIDS.  O cronograma de atividades focaliza a evolução histórica do HIV/AIDS e dados epidemiológicos; a detecção precoce da infecção pelo HIV/AIDS nos programas de Atenção Básica; o acolhimento aos soropositivos – desde o momento da entrega do resultado do teste anti-HIV e durante acompanhamento dos portadores da doença assistidos em serviços de referência.

A proposta do evento é mobilizar profissionais do Programa Saúde da Família (PSF) para uma discussão em torno das DSTs, especialmente a Aids, de forma que sejam intensificadas atitudes de prevenção e atendimento humanizado com seus pacientes, diagnosticando, aconselhando e informando mais acerca das doenças, inclusive da convivência com o vírus HIV.

O Fórum está inserido numa série de capacitações, que acontecem neste ano, com o objetivo de reforçar iniciativas que promovam a saúde sexual e reprodutiva, com ações nas escolas e nas unidades básicas de saúde.
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE