PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Ações preventivas em saúde acontecem em Sobral e Crateús

20 de outubro de 2009 - 11:03

A Escola de Saúde Pública do Ceará, através da Coordenadoria de Pós-Graduação em Vigilância em Saúde, está realizando, no período de 20 a 22 deste mês, o Curso de Atualização em Sala de Vacina, no Centro de Zoonoses de Sobral. Dele participam 53 profissionais de saúde (enfermeiros e auxiliar de enfermagem) que atuam em sala de vacina.

O curso tem como objetivo contribuir para o controle, eliminação e erradicação das doenças previníveis por vacinação e conseqüente redução da morbimortalidade e, também, estimular a participação dos profissionais de saúde nas discussões e ações voltadas para a prevenção de doenças.

Estrutura

O curso é estruturado em três etapas. A primeira visa a atualizar conteúdos sobre Indicadores Epidemiológicos do PNI; Calendário Básico de Vacinação da Criança, Adolescente, Adulto e Idoso; Vacinação dos Grupos de Risco para Sarampo e Hepatite B; Vigilância e Notificação de Eventos Adversos Pós-vacinação – EAPV; Vacinas do Centro de Referência de Imunobiológicos Especial – CRIE; Análises de coberturas vacinais da rotina e campanhas de vacinação.

A segunda etapa contempla a atualização sobre Rede de Frio com os seguintes conteúdos: Introdução à Cadeia de Frio; Fluxograma da Rede de Frio; Organização Interna do Refrigerador e Armazenamento Seguro das Vacinas; Registro de Temperatura; Organização e Transporte das Caixas Térmicas; Degelo e Limpeza do Refrigerador; Gerenciamento de Resíduos das Salas de Vacinas e Imunobiológicos sob Suspeita. A terceira etapa desenvolve a prática em sala de vacinas.

Em Crateús

Em Crateús, a Coordenadoria de Pós-Graduação em Vigilância em Saúde da ESP-CE, em parceria com a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) e Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), promove, de 28 a 30 deste mês, o Curso Saúde e Prevenção nas Escolas.  A capacitação visa a fornecer orientações sobre o Guia Metodológico do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas.

Para desenvolver esse projeto nas escolas do Ceará, a Sesa e Seduc executam uma ação intersetorial em 184 municípios do Estado. Esta ação representa um marco na integração saúde-educação privilegiando a escola como espaço para a articulação das políticas voltadas para adolescentes e jovens, mediante a participação dos sujeitos desse processo: estudantes, famílias, profissionais da educação e da saúde.

Neste contexto, a Escola de Saúde Pública do Ceará e a Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde – COPROM/SESA, por meio do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças – NUPREV/SESA e do GT Adolescente/SESA promovem em 2009 uma série de capacitações, que têm objetivo de reforçar iniciativas que promovam a saúde sexual e reprodutiva, com ações nas escolas e nas unidades básicas de saúde.

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE