PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Continuam atividades de prevenção e controle das DSTs

19 de outubro de 2009 - 16:26

 
                                                                                                Foto: Andréa Veras
 
Dando seguimento à estratégia de investir em controle e prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis, a Secretaria da Saúde do Ceará, por meio da Coordenadoria de Pós-graduação em Vigilância da Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) e Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças e Agravos (Nuprev), realizam esta semana várias atividades, entre cursos e oficinas.  Hoje, 19, e amanhã, 20, acontece no Hotel Mareiro (Avenida Beira Mar, 2.380), a Oficina para Redução da Transmissão Vertical do HIV e Sífilis.

O objetivo é orientar os coordenadores da Atenção Básica, do Programa Saúde da Família,e gestores regionais do PSF das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES) a elaborar um Plano Municipal de Controle da Transmissão Vertical do HIV e Sífilis. Os municípios contemplados são os que compõem as CRES de Icó, Iguatú, Brejo Santo, Crato e Juazeiro do Norte.

A programação da oficina contará com exposições interativas e trabalhos em grupos. No primeiro dia do evento acontecem exposições sobre os temas “Plano Estadual da Sífilis Congênita e Redução da Transmissão Vertical do HIV” e “Organização da Rede de Laboratório para Ampliação do Diagnóstico do HIV e Sífilis no Ceará”.  Também estão agendadas exposições sobre “Sífilis Congênita” e “Sistema de Informação – SIS Pré-Natal”.
No segundo dia da oficina, nesta terça-feira, 20/10, serão realizados, pela manhã, trabalhos em grupo para debater a prevenção e transmissão vertical do HIV e Sífilis e discussões sobre a elaboração do Plano Municipal e avaliação da oficina Diagnóstico de HIV.

De 21 a 23 de outubro, acontece na sede da ESP-CE (Avenida Antônio Justa, 3161, Meireles), a Capacitação em Aconselhamento e Testagem Rápida como Diagnóstico da Infecção pelo HIV.

O evento é direcionado aos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogo, bioquímicos) dos municípios de Fortaleza, Russas, Limoeiro do Norte, Tauá, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante, Itapajé e Maracanáu.

O curso tem por meta capacitar equipes multiprofissionais das maternidades cadastradas no Projeto Nascer. Os participantes são treinados a dar assistência adequada à puérpera HIV+ e ao recém-nascido exposto ao HIV e/ou com sífilis congênita. Desde abril de 2009, foram sete turmas realizadas e vários municípios beneficiados.

Ações até novembro

Os eventos estão inseridos em um conjunto de mais de 50 ações que visam a investir na formação continuada de vários atores sociais que estão nas escolas, postos de saúde, organizações não-governamentais e meios de comunicação dos 184 municípios cearenses, que vão ganhar em atualização do conhecimento e apropriação de novas tecnologias no combate, diagnóstico e controle das DSTs. Este ano, há ações previstas até novembro.

 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE