PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Profissionais de saúde são capacitados contra a dengue

7 de outubro de 2009 - 10:28

 
                                                                                                 Foto: Andréa Veras
 
A Secretaria da Saúde do Estado intensifica as ações de controle da dengue no Ceará e realiza, de 7 a 9 de outubro, mais um Curso de Assistência de Enfermagem aos Pacientes com Dengue. Desta vez, o público são os enfermeiros do Programa Saúde da Família dos municípios da macrorregião de saúde de Fortaleza. O curso acontece das 8h às 17h, na sede da Escola de Saúde Pública do Ceará (Avenida Antônio Justa, 3161, Meireles). Os participantes têm até o dia 05 de outubro para preencher ficha de inscrição, em suas respectivas Coordenadorias Regionais de Saúde, e enviá-las para o fax (85) 3101.1400.

Somente este ano, a Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde (Coprom), em parceria com a Coordenadoria de Vigilância da Saúde da ESP-CE, realizou três turmas do Curso de Assistência em Enfermagem e três turmas do Curso de Atualização em Dengue Clássica e Hemorrágica para médicos. Em 2008, já tinham sido ofertadas três capacitações para médicos e uma para enfermeiros. Até o final do ano, serão realizados mais dois cursos para médicos e um para enfermeiros. A meta é capacitar médicos e enfermeiros que atuam nos serviços de saúde de todas as CRES.

Até o dia 18 de setembro, data do último boletim da dengue, a Secretaria da Saúde havia confirmado 4.462 casos em 108. O número de casos confirmados de dengue hemorrágica era de 20, 7 deles na capital, com 4 óbitos, e 13 no interior, com uma morte. A dengue com complicação somava 18 casos, com 11 óbitos confirmados e um em investigação no município de Maranguape.

No primeiro semestre deste ano, o Ceará reduziu em 78,7% o número de notificações da doença em relação ao ano anterior, segundo balanço divulgado em agosto pelo Ministério da Saúde. Em todo o país, as notificações diminuíram 47,9%. No Estado, o número de notificações caiu de 62.610 no primeiro semestre de 2008 para 13.334 no mesmo período deste ano. Mantida a tendência decrescente de manifestação da dengue, historicamente verificada no segundo semestre, o Ceará deverá ampliar até o final do ano a redução no número de notificações da doença.

Entre os meses de outubro e novembro, a Secretaria da Saúde realizará cinco cursos de capacitação em dengue para as vigilâncias sanitárias dos 184 municípios do Estado. Para o controle vetorial foram capacitados os supervisores gerais e gerentes de endemias dos municípios, em cinco cursos já realizados. Mais um curso está previsto para outubro, em Juazeiro do Norte. Além dessas ações, o Ministério da Saúde mantém no Ceará dois assessores para o acompanhamento dos 35 municípios prioritários, aqueles que apresentam maior índice de infestação predial pelo mosquito transmissor da dengue.

No mês de dezembro, a Secretaria da Saúde lança um alerta geral para os municípios, tendo em vista a chegada do período de proliferação do mosquito transmissor, no primeiro semestre do ano, durante a quadra chuvosa. É quando os municípios intensificam os mutirões de limpeza para eliminar os ovos do mosquito que estão depositados em latas, garrafas, pneus, cocos, tampas de refrigerantes, que são criadouros externos do Aedes Aegypti.

Mais informações: 3101.1400

 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE