PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

IV Expoesp supera as edições anteriores

8 de setembro de 2009 - 14:26

 

   ::   Trabalhos Premiados – Apresentação Oral
   ::    Trabalhos Premiados – Pôster
   :: Confira algumas apresentações exibidas durante o evento
 
                                                                                               Fotos: Andréa Veras

 

 
A Expoesp é o grande encontro de experiências sobre saúde pública do Ceará. Com essa afirmação, o superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará, Haroldo Pontes, encerrou nesta sexta-feira, dia 4 de setembro, a quarta edição do evento, que este ano teve como tema Gestão em Saúde para o Fortalecimento do SUS, desafios e estratégias.

Com 510 participantes e 243 trabalhos inscritos, apresentados no formato oral e pôster, a Expoesp mobilizou profissionais, pesquisadores e estudantes da área de saúde em torno de ricos debates sobre temas relevantes de saúde pública relacionados principalmente à prática de trabalho da Estratégia de Saúde da Família no interior do Ceará.

Segundo a organização do evento, mais de mil pessoas circularam na sede da ESP-CE durante os três dias de programação, o que superou as edições anteriores. Os trinta melhores trabalhos foram agraciados com menção honrosa.

 
Ana Luiza Paula de Aguiar Lélis – Enfermeira de Aurora e professora substituta da UFC
O objetivo é do meu trabalho é conhecer a atuação dos enfermeiros do Programa Saúde da Família de Aurora (CE) nas consultas de puericultura. Observamos como eles atuam, se foram capacitados para fazer atendimento em puericultura, o perfil e a percepção deles sobre o funcionamento da PSF de Aurora.
O interessante é que, na percepção deles, há dificuldades de gestão e treinamento. Então vamos levar esses resultados para a gestão do município para que possa ser melhorado, porque com uma boa consulta de puericultura e envolvimento com essas mães e essas crianças, com certeza vai diminuir a mortalidade e a quantidade de doenças. Essas mães também vão se sentir mais apoiadas e com mais conhecimento para cuidar dos seus filhos.
Sobre o tema da Expoesp, que é gestão em saúde, e considerando os trabalhos aqui desenvolvidos, vejo que só tem a favorecer a nós profissionais da saúde, pois há trabalhos de todas as categorias, médicos, enfermeiros e dentistas. Aqui estamos tendo a oportunidade de conhecer como está a atuação da gestão e da saúde em todo o Ceará, porque além de Aurora, tem trabalhos com pesquisas sobre vários municípios, como Maracanaú e Sobral.

Lidiana Arrais – concludente de Enfermagem
A violência está grande em Fortaleza e por onde começar? Pelos adolescentes, que estão se envolvendo frequentemente com delitos. Como estratégia para contribuir com a redução dessa violência, fizemos uma pesquisa com um grupo de formandas, visitamos uma comunidade e ouvimos os adolescentes, suas ansiedades e a opinião deles sobre a questão da violência, que começa muitas vezes dentro de casa. Esse trabalho foi feito numa comunidade carente e bem aceito porque eles sentiram um pouco de atenção de nossa parte, profissionais de saúde.
Então multiplicação é a palavra quando se fala de Expoesp. A gente não deve guardar as experiências, pois quando você começa a repassar, a divulgar, as pessoas vão ver o trabalho, se interessar e multiplicar esse conhecimento até com outras ações.

Lúcia Vanda Teixeira de Freitas Cavalcante – Enfermeira de Iguatu

Esse trabalho foi extraído de uma dissertação do Mestrado Profissional em Saúde da Criança e do Adolescente. Então foi vista a questão do aleitamento materno no município de Iguatu. Em entrevista feita com as mães, os profissionais do PSF (médicos, enfermeiros, dentistas e agentes comunitários de saúde), vimos a importância de se trabalhar dentro do município, com visitas sistemáticas enfatizando a importância do aleitamento materno. Essa pesquisa também vem reforçar a luta pela implantação do Hospital Amigo da Criança no município de Iguatú, que vai melhorar os indicadores relacionados ao aleitamento materno no município.
Apresentar meu trabalho na Expoesp é muito gratificante, até porque estou vendo experiências de outros municípios e até de outros estados. Estou discutindo com os colegas, dando opiniões, ouvindo e ampliando meus contatos.

José Augusto Azevedo Falcão – médico PSF de Baturité

Quero parabenizar a ESP-CE por este evento, que nos dá a oportunidade de apresentar trabalhos. Estou apresentando uma pesquisa sobre a prevalência do alcoolismo na família, principalmente na adolescência. Estou muito orgulhoso por saber que meu trabalho foi escolhido e está sendo visto aqui por vários colegas de outros municípios. A gente se sente valorizado por compartilhar algo que nos exigiu tempo e dedicação para fazer. Tive a oportunidade de fazer vários cursos aqui na Escola e vejo que a Expoesp vem crescendo a cada ano.
Sobre o meu trabalho, o que mais pude perceber foi a desagregação da família. Jovens do bairro Manga, em Baturité, vivem à margem da sociedade por causa do álcool. Então meu objetivo é procurar, de todas as formas possíveis, divulgar o perigo do uso abusivo de bebida alcoólica.

Ivanília Timbó – Coordenadora da Educação Profissional em Saúde da ESP-CE
A Expoesp está se consolidando. Os trabalhos tratam de temas importantes, que têm uma relevância objetiva para a saúde. A gente pode ver isso ao ler cada um deles. Cada vez mais os alunos das universidades e faculdades estão reconhecendo a importância de participar desse evento que, com certeza, está fazendo a sua história no processo da educação e da saúde pública no Ceará.
Além do mais a gente percebe que as pesquisas estão em comum acordo com a necessidade do serviço. Então significa dizer que a educação hoje está antenada com o que está demandando a necessidade de organização do serviço. 

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE