PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Aulas da Atualização em Auditoria começam em Fortaleza e Barbalha

17 de agosto de 2009 - 16:48

 
                                                                                                  Foto: Andréa Veras
 
 
 
 As aulas do Curso de Atualização em Auditoria, Controle, Avaliação e Regulação começaram hoje, 17 de agosto em Fortaleza, e na quinta-feira, 14 de agosto, em Barbalha. Executado pela Coordenadoria de Pós-graduação em Gestão da Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará, o curso visa a municiar de informações atualizadas os profissionais da área, permitindo-lhes reorganizar seus processos de trabalho nos municípios das Macrorregiões de Fortaleza e do Cariri.
Ressalta o superintendente Haroldo Pontes, que participou das solenidades de abertura do curso nas duas macrorregiões, que a auditoria deve ser usada como um instrumento de gestão e não apenas de fiscalização, pois é uma grande ferramenta “de fortalecimento do controle social’.
Em Barbalha, o evento contou com as presenças também supervisor do Núcleo de Atenção à Saúde Bucal do Ceará, Ivan Rodrigues; de Débora Dourado, da auditoria do Ministério da Saúde da Bahia; além de representantes das coordenadorias regionais de Saúde do Cariri.
Segundo a coordenadora de Pós-graduação em Gestão da Saúde, Silvia Bomfim, a auditoria será o eixo central do curso, tendo em vista que está havendo uma ressignificação de suas práticas, com objetivo de fortalecer e organizar as ações nos municípios. “O resultado vai se refletir na garantia do acesso e da qualidade da atenção aos usuários do Sistema Único de Saúde, já que serão trabalhadas ferramentas que possibilitam a transparência da alocação e utilização dos recursos, fortalecendo também o controle social”, ressalta.

Método e temas

O conteúdo programático será ministrado em estrutura modular, totalizando três módulos, sendo dois módulos de 16 horas e um de 08 horas. Ao final do curso, o participante deverá estar apto a: compreender a lógica do financiamento das ações e serviços de saúde no SUS; identificar os mecanismos de controle, avaliação, regulação e auditoria e seus campos de interseção; compreender a execução da programação físico-financeira; compreender o processo de ressignificação das práticas de auditoria no sistema de saúde no Brasil; compreender o processo de trabalho de auditoria nos seus aspectos técnicos, éticos e instrumentais.

 
 
 
 
Estão sendo abordadas as seguintes temáticas: Contexto Histórico do Sus; Financiamento; Controle Social; Conceitos, Atribuições e Interfaces das Áreas de Atuação em Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria; Gestão e Planejamento em Saúde; Participasus – Agenda Ceará; Ética no Processo de Trabalho; Normas de Aplicações de Recursos; Contratualização, Programas Específicos; Execução da Programação Físico-Financeira; Legislação Aplicada; Auditoria no Contexto da Política de Gestão Estratégica e Participativa-Sgep; Processos de Trabalho em Auditoria; Tipos de Auditoria, Sistemas de Informação em Saúde; Sistema de Informação em Auditoria, Sisaud/Sus.

Planejamento

O III Módulo do curso, que trata de oficinas de Planejamento das ações de auditoria nos municípios, acontecerá na sede da ESP-CE (Avenida Antônio Justa, 3161, Meireles) para os alunos das duas macrorregiões (Fortaleza e Cariri).  Segundo a coordenadora Silvia Bomfim, será uma excelente oportunidade de troca de conhecimento entre os profissionais de diferentes municípios, em um momento essencial, que é o de planejamento.
Facilitadores da ESP-CE, técnicos de várias áreas da Secretaria da Saúde do Ceará e auditores do Ministério da Saúde estão à frente da tutoria deste e dos outros módulos, que tem todo o material disponível na Plataforma EAD da ESP-CE, na forma de textos e fórum de debates.

Vagas

Estão sendo ofertadas 177 vagas, divididas em cinco turmas, distribuídas da seguinte maneira: uma vaga para cada município que compõe a macrorregião de Fortaleza, composta por 11 microrregionais de saúde e suas centrais de regulação, englobando 101 municípios; uma vaga para cada Coordenadoria Regional de Saúde (CRES) da macrorregião de Fortaleza, num total de 11 CRES; e 28 vagas destinadas a técnicos da Secretaria da Saúde do Estado e da Escola de Saúde Pública do Ceará.

Confira o calendário do curso

 
BARBALHA

 

MÓDULOS

DATA

HORÁRIO

LOCAL

 

Módulo I

14 de agosto

8:00-18:00

Escola Técnica do SUS

 

Módulo II

20 e 21 de agosto

8:00-18:00

Escola Técnica do SUS

 

Módulo III

24 e 25 de agosto

8:00-18:00

Escola de Saúde Pública-Fortaleza.

 

 

FORTALEZA

 

MÓDULOS

DATA

HORÁRIO

LOCAL

 

Módulo I

17 de agosto

8:00-18:00

Escola de Saúde Pública

 

Módulo II

18 e 19 de agosto

8:00-18:00

Escola de Saúde Pública

 

Módulo III

24 e 25 de agosto

8:00-18:00

Escola de Saúde Pública

 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE