PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Especialização em Vigilância em Saúde Ambiental realiza I Módulo

29 de julho de 2009 - 16:36

 
                                                                                                  Foto: Andréa Veras

 

 

O III Curso de Especialização em Vigilância em Saúde Ambiental realiza, nos dias 29 a 31 de julho, o primeiro Módulo, cujo tema é “Políticas de Saúde: a construção da política de saúde ambiental no Brasil”.    

Promovido pela Coordenadoria de Pós Graduação em Vigilância da Saúde da ESP-CE, em parceria com a Coordenadoria de Promoção da e Proteção Saúde da Sesa, o curso é direcionado a profissionais de nível superior, que exercem funções de coordenação ou técnica, na área de vigilância em saúde ambiental, nos municípios, Coordenadorias Regionais de Saúde e Secretaria da Saúde do Ceará.

Baseado em competências e visando atender às necessidades do SUS nas ações relativas à Saúde Ambiental, o seu conteúdo programático habilitará os participantes, no final da especialização, a identificar ou prevenir qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interfiram na saúde humana; recomendar e adotar medidas de prevenção e controle das situações de risco ambientais; coordenar e executar ações de Vigilância em Saúde Ambiental relacionadas à qualidade da água, populações expostas a solos contaminados, poluição do ar, produtos químicos e desastres naturais. “Pretendemos oferecer ferramentas para que esses profissionais possam estruturar ou melhorar os serviços de Vigilância Ambiental nos municípios em que atuam”, explica Edenilo Barreira, coordenador do curso.

                                                                                                  Foto: Andréa Veras
 
 
Módulo

Neste módulo, estão sendo abordados os principais fatos que marcaram e influenciaram as políticas públicas de saúde e contribuíram para as transformações no contexto da Saúde Pública do Brasil, bem como a compreensão da construção da Política Nacional de Saúde Ambiental, o processo de estruturação da Vigilância em Saúde Ambiental em âmbito nacional, estadual, municipal e a identificação das competências das esferas de governo relativas ao subsistema nacional de vigilância em saúde ambiental.

Durante a discussão das Políticas de Saúde, será enfatizado o processo de construção da Política Nacional de Saúde Ambiental, destacando alguns elementos importantes, como o contexto histórico internacional e nacional, o conceito de saúde ambiental, as bases legais, a construção da intersetorialidade, estruturação e fortalecimento da vigilância em saúde ambiental, culminando com uma discussão acerca dos eixos temáticos da I Conferência Nacional de Saúde Ambiental a ser realizada em dezembro de 2009.  

Segundo Edenilo Barreira, serão tratados os desafios da gestão frente à atual sistemática do financiamento do SUS, enfocando: a identificação das fontes e dos mecanismos de financiamento nas diferentes formas de gestão propostas pela legislação em saúde e suas recentes modificações; a descrição dos principais métodos de alocação de recursos, discutindo suas vantagens e desvantagens, bem como na análise das principais dificuldades enfrentadas no atual modelo de financiamento do SUS; as formas e fontes de financiamento das ações de vigilância em saúde ambiental.

Até o final deste módulo – diz Edenilo Barreira -, espera-se proporcionar aos participantes uma abordagem histórica da construção das políticas públicas de saúde no Brasil, seus avanços e perspectivas, bem como a inserção da Vigilância em Saúde Ambiental no contexto do Sistema Único de Saúde.

 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE