PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Especialização capacitará enfermeiros obstetras

29 de julho de 2009 - 12:55

Capacitar enfermeiros para reduzir a mortalidade materna e neonatal no Ceará é a meta do Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica, cuja abertura acontecerá no próximo dia 31 de julho, às 8h30min, na Escola de Saúde Pública do Ceará. O curso é promovido pela Coordenadoria de Políticas e Atenção à Saúde da Secretaria da Saúde do Estado Ceará (SESA) e executado pela Coordenadoria de Pós-graduação em Atenção à Saúde da ESP-CE, com apoio do Ministério da Saúde.

Segundo Garcia Neto, coordenador do curso, no Ceará, existem 31 hospitais-maternidades pólo, que são referência em obstetrícia e neonatologia e, segundo pesquisa realizada por meio do Instrumento de Avaliação das Maternidades, identificou-se uma grande carência de enfermeiros obstetras nas salas de parto.

Para suprir essa lacuna, serão capacitados 156 enfermeiros da rede pública de saúde do Ceará, contemplando os municípios de Caucaia, Maracanaú, Canindé, Itapipoca, Acaraú, Quixadá, Aracati, Russas, Limoeiro do Norte, Sobral, Camocim, Tianguá, Tauá, Icó, iguatu, Brejo Santo, Crato, Juazeiro do Norte e áreas indígenas ( Itarema, Acaraú, Caucaia, Pacatuba). O levantamento das unidades e a definição do público-alvo foram feitos a partir de critérios estabelecidos pelo Grupo de Trabalho do Núcleo de Atenção Primária/Saúde Sexual e Reprodutiva – NUAP, com a colaboração das Coordenadorias Regionais de Saúde –CRES.

Ensino e Serviço

Segundo a coordenadora de Pós-graduação em Atenção à Saúde da ESP-CE, Isabel Cavalcanti, no ano passado foram capacitados enfermeiros do Programa Saúde da Família no Curso de Aperfeiçoamento das Áreas Estratégicas da Atenção Básica.  Agora é o momento de capacitar o nível secundário, pois a meta é a qualificação em todos os níveis.  “É importante ressaltar que nossa intenção não é que o enfermeiro substitua o médico obstetra, mas pretendemos qualificar esse profissional para que ele possa dar um suporte maior, contribuindo para reduzir os índices de mortalidade materna”.  Isabel destaca que haverá um módulo específico sobre os aspectos legais e éticos do exercício da profissão.

Também estão entre conteúdos abordados: o processo de cuidar em enfermagem à mulher na fase reprodutiva; no pré-natal de baixo risco; no parto e pós-parto; nas urgências e emergências obstétricas e ao recém-nascido na sala de parto; nas intercorrências da gestação; à mulher no parto de alto risco e ao binômio mãe-filho no puerpério.

Metodologia

O eixo central do curso será o Método Clínico Centrado no Paciente, uma perspectiva transformadora, que parte do encontro entre o profissional e o paciente baseada no diálogo e gerando satisfação para ambas as partes.

Com 652 horas-aula, o curso será dividido em 13 módulos. Cada módulo terá 20h/a de atividades presenciais, que acontecerão na sede da ESP-CE, sempre às sextas-feiras (8h às 22h) e sábados (8h às 14h); 20h/a de atividades teórico-práticas (12h de estágio supervisionado e 8h de discussão dos casos clínicos com os preceptores).

Segundo Isabel Cavalcanti, entre coordenadores, supervisores, facilitadores e preceptores cerca de 50 profissionais estão envolvidos na organização desse curso. “Estamos centrando esforços em um trabalho que trará resultados práticos na saúde materno-infantil”, conclui.

Confira a programação das atividades presenciais do I Módulo, que acontecerá dias 31 de julho e 1º de agosto na sede da ESP-CE.

 
 

31 DE JULHO DE 2009 – SEXTA-FEIRA

Horário

Atividade

8h – 8h30min

Acolhimento e entrega de material

8h30min – 9h30min

Abertura do Curso

9h30min – 10h

Lanche

10h -11h

Aula inaugural: “Papel do Enfermeiro na Assistência Obstétrica”

Profa. Kaelly Virgínia Saraiva – Associação Brasileira de Enfermagem Obstétrica (ABENFO)

11 h -12h

Exposição interativa: “A relação multidisciplinar na Obstetrícia”

Prof. Álvaro Alberto Debittencourt Vieira – Conselho Regional de Enfermagem – Seção Ceará (COREN-CE)

12 h – 13h

Almoço

13h -14h30min

Apresentação da Proposta do Curso

Profª Ivina Siqueira – Coordenadoria de Pós-graduação em Atenção à Saúde (COATS)

14h30min – 16h

Exposição interativa: “Enfermagem com Qualidade”

Profª Sheila Maria Santiago Borges –Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças e Agravos – NUPREV da Secretaria da  Saúde do Estado do Ceará.

16h – 16h20min

Lanche

16h20min – 18h30min

Exposição interativa: “Sistema de Informação utilizado na Assistência Obstétríca”

Prof. Garcia Neto – NUAP-GT/Saúde Sexual e Reprodutiva da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará

18h30min -19h30min

Jantar

19h30min – 21h

Exposição interativa: “Aspectos Epidemiológicos relacionados a Mortalidade Materna”

Prof. Manuel Dias da Fonseca Neto – Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças e Agravos- NUPREV da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

01 DE AGOSTO DE 2009 – SÁBADO

Horário

Atividade

08h – 9h40min

Apresentação do Vídeo – “Políticas de Saúde no Brasil: histórico e perspectivas”

Profª Leni Nobre  – Escola de Saúde Pública do Ceará

9h40min – 9h45min

Lanche

9h45min -12h30min

Exposição interativa: “Políticas de Saúde no Brasil”

Profª Leni Nobre – Coordenadoria Regional de Saúde de Maracanaú (CRES)

 12h30min – 14h

Exposição interativa: “Instrumento de Avaliação das Maternidades do Ceará”

Prof. Garcia Neto – NUAP-GT/Saúde Sexual e Reprodutiva da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará

14h

Almoço