PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Especialização em Farmácia Hospitalar realiza módulo sobre Erros de Medicação

30 de junho de 2009 - 15:20

                                                                                                 Foto: Andréa Veras

 

O Curso de Especialização em Farmácia Hospitalar, promovido pela Coordenadoria de Pós Graduação em Atenção à Saúde, realiza de 29 de junho a 01 de julho, o VII módulo, cujo tema é “Segurança do Paciente – Erros de Medicação”. As atividades, com carga horária de 30 horas, acontecem na sede da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE).

O VII módulo tem como objetivos passar informações aos alunos de como: Reconhecer a questão da segurança do paciente como desafio mundial que pode ser trabalhado mediante a prática do uso racional de medicamentos; Reconhecer os fatores ameaçadores para a segurança e suas conseqüências sobre a saúde dos indivíduos; Definir erros de medicação e Eventos Adversos relacionados à saúde; Definir erros de prescrição, dispensação e administração de medicamentos e estabelecer medidas de prevenção; Reconhecer as metodologias de busca e controle da ocorrência de erros de medicação; Conhecer os principais grupos de pacientes e medicamentos envolvidos com os erros de medicação; Valorizar as estratégias utilizadas para aumentar a segurança dos pacientes relativamente ao uso de medicamentos.

Segundo Solange Cavalcante, coordenadora II Curso Especialização em Farmácia Hospitalar, o Erro de Medicação é qualquer erro no processo de prescrição, dispensação ou administração dos medicamentos, podendo ou não trazer conseqüências adversas. Tais eventos, explica ela, podem estar relacionados à prática profissional, aos produtos para a saúde, aos procedimentos e sistemas, incluindo: prescrição; comunicação da ordem; rótulo, embalagem e nomenclatura dos produtos; preparo; dispensação; distribuição; administração; educação; monitoramento e uso.

QUALIFICAÇÃO

Iniciado em 2008, o Curso de Especialização em Farmácia Hospitalar tem como proposta contribuir com a modernização dos serviços farmacêuticos hospitalares, capacitando técnicos do Sistema Único de Saúde, como estratégia fundamental para o desenvolvimento da qualidade, eficiência e eficácia da Assistência Farmacêutica no Ceará.

A coordenadora Solange Cavalcante disse que é necessário qualificar os farmacêuticos que trabalham nos hospitais para garantir que o medicamento esteja armazenado de forma adequada, distribuído na dose correta, conforme o ciclo logístico de seleção, aquisição, armazenamento, distribuição e acompanhamento. “Esses profissionais acompanham a farmacoterapia do paciente, a farmacovigilância (detecção de erros e reações adversas) e atuam no combate à infecção hospitalar, através do controle do uso dos antimicrobianos”, esclarece ela.

Com duração de 360 horas-aula, o curso será realizado em 12 unidades modulares de 30 horas, em um prazo de 12 meses. A monografia deve ser defendida e aprovada em seis meses, a partir da conclusão da última unidade modular.


Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br