PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

ESP-CE sedia Seminário de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa

10 de junho de 2009 - 16:39

A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) sedia, no próximo dia 15 de junho, no Auditório Ciro Gomes (Avenida Antônio Justa, 3161, Meireles), o Seminário de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa. O evento marca o Dia Mundial contra o Abuso e Maus-Tratos contra a Pessoa Idosa e tem como público-alvo profissionais da área atenção ao idoso, geriatras, gerontólogos e profissionais das equipes de Saúde da Família lotados nas Secretarias Executivas Regionais de Fortaleza e nas 21 (vinte e uma) Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES).

O objetivo é aproveitar o movimento mundial para articular uma discussão sobre as ações de enfrentamento à violência na rotina desses profissionais, estimulando-os a uma mudança de conduta e eficaz encaminhamento dos casos.

O professor João Macedo Coelho Filho, da Universidade Federal do Ceará e Instituto de Geriatria e Gerontologia do Ceará, proferirá palestra, logo após a solenidade de abertura, sobre o tema Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa.

Os outros temas abordados no evento são: Rede Nacional de Proteção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa ; Controle e Participação Social; Prevenção à Violência e Promoção da Saúde: Ações do Ceará; Modificando Condutas no Enfrentamento à Violência contra Idosos.

O seminário acontece das 8h às 16h e é promovido pela Coordenadoria de Saúde e Sociedade da ESP-CE, pelo Núcleo de Atenção Primária – GT Idoso (NUAP Idoso) da Secretaria da Saúde do Ceará e Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG-CE).

Articulação

Um grupo de trabalho composto por profissionais de saúde especialistas em geriatria e gerontologia foi constituído pelo NUAP Idoso, ESP-CE e SBGG-Ce visando a consolidar um Protocolo de Enfrentamento à Violência contra o Idoso, que vai orientar os profissionais no encaminhamento dos casos, mostrando os fluxogramas da Rede Nacional de Prevenção à Violência e Promoção da Saúde, da qual a ESP-CE faz parte, e da Rede Nacional de Proteção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Renad). “A ideia é que haja uma articulação e um diálogo entre as duas redes, possibilitando ao profissional uma percepção da violência como problema social e de saúde pública”, afirma o coordenador de Saúde e Sociedade da ESP-CE, Ricardo Albuquerque.

 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – \n ascom@esp.ce.gov.br