PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Especialização em Farmácia Hospitalar realiza V Módulo

27 de abril de 2009 - 03:00

 

 

 

O Curso de Especialização em Farmácia Hospitalar, promovido pela Coordenadoria de Pós-graduação em Atenção à Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), realiza de 27 a 29 de abril, o V Módulo, que abordará os “Princípios de Epidemiologia, Farmacoepidemiologia e Farmacovigilância Hospitalar”. As atividades, com carga horária de 30 horas, acontecem na sede da (ESP-CE).
 
Destinado aos farmacêuticos que atuam na Farmácia Hospitalar de hospitais públicos do Ceará e de outros estados, o V Módulo vai habilitar os participantes a identificar a Farmacoepidemiologia como instrumento de racionalização no uso de medicamentos, contribuindo para o estabelecimento de prioridades no planejamento da gestão da Assistência Farmacêutica Hospitalar; e compreender a importância da Farmacovigilância, suas aplicações no estudo dos efeitos dos medicamentos nas populações (binônimo paciente-medicamento).

QUALIFICAÇÃO

Iniciado em 2008, o Curso de Especialização em Farmácia Hospitalar tem como proposta contribuir com a modernização dos serviços farmacêuticos hospitalares, capacitando técnicos do Sistema Único de Saúde (SUS), como estratégia fundamental para o desenvolvimento da qualidade, eficiência e eficácia da Assistência Farmacêutica no Ceará.

Solange Dantas, gestora da Coordenadoria de Pós-graduação em Atenção à Saúde, disse que é necessário qualificar os farmacêuticos que trabalham nos hospitais para garantir que o medicamento esteja armazenado de forma adequada, distribuído na dose correta, conforme o ciclo logístico de seleção, aquisição, armazenamento, distribuição e acompanhamento. “Esses profissionais acompanham a Farmacoterapia do paciente, a Farmacovigilância (detecção de erros e reações adversas) e atuam no combate à infecção hospitalar, através do controle do uso dos antimicrobianos”, esclarece ela.

Com duração de 360 horas-aula, o curso será realizado em 12 unidades modulares de 30 horas, em um prazo de 12 meses. A monografia deve ser defendida e aprovada em seis meses, a partir da conclusão da última unidade modular.

EXPOSIÇÕES INTERATIVAS

Durante o V Módulo, acontecem exposições interativas – que são métodos convencionais de ensino, cujo repasse de informações é centrado no expositor, que passa a comandar o tema abordado, mantendo um diálogo com os participantes, contribuindo, assim, para o alcance dos objetivos de aprendizagem.
                    
Neste módulo, as exposições interativas propostas são as seguintes:

Introdução a Bioestatística
(Objetivo: Introduzir os conceitos fundamentais da bioestatística a fim de permitir a leitura compreensão e elaboração de relatório científico); Introdução à Epidemiologia (Objetivo: Identificar, do ponto de vista histórico, o nascimento da Epidemiologia moderna; e conhecer o conceito, objetivos e aplicações da Epidemiologia); Introdução à Farmacoepidemiologia (Objetivo: Conhecer os aspectos conceituais da farmacoepidemiologia, suas áreas de trabalho com seus respectivos objetivos; apresentar exemplos de Estudo de Utilização de Medicamentos; Descrever os modelos de estudos em Farmacoepidemiologia; Farmacovigilância (Objetivos: Conceituar Farmacovigilância, descrevendo seu desenvolvimento histórico; Conceituar evento, reação adversa a medicamentos e seus sinônimos; e identificar os tipos de reações adversas a medicamentos e fatores de risco relacionados); Centro de Farmacovigilância do Ceará (Objetivos: Conhecer o processo de implantação/estruturação do programa de Farmacovigilância no Ceará; e analisar a situação atual e as perspectivas futuras da Farmacovigilância no Ceará e no Brasil); Programa Hospitais Sentinela no Ceará (Objetivo: Conhecer e analisar as diferentes experiências dos Hospitais sentinela no Ceará).

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br