PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Enfermeiros do PSF são treinados pela ESP-CE

2 de outubro de 2008 - 03:00

 
Para fortalecer e aperfeiçoar o serviço de atendimento em traumas e outros agravos nas unidades básicas de saúde, a Escola de Saúde Pública do Ceará, através da Coordenadoria de Atenção à Saúde, promoverá o Curso de Condutas em Urgência e Emergência em Enfermagem. O curso é voltado para os profissionais de enfermagem das equipes do Programa Saúde da Família (PSF) do Pólo Fortaleza.

A seleção está sendo feita pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e as 70 vagas serão preenchidas, prioritariamente, por profissionais das unidades hospitalares de Fortaleza e Região Metropolitana e das equipes do PSF. O curso será dividido em duas turmas de 35 pessoas. Para a primeira turma, o curso será ministrado, na sede da ESP-CE, no período de 16 a 19 de outubro. Já para a segunda turma, o curso acontecerá de 18 a 21 de novembro.

Segundo Walter Santos, da Coordenadoria de Atenção à Saúde da ESP-CE, o curso, especificamente, irá preparar profissionais de enfermagem para atuarem com segurança e competência nas situações de urgência e emergência nas unidades de saúde. Os enfermeiros serão capacitados nas manobras básicas e avançadas de reanimação, bem como sensibilizados para se tornarem multiplicadores em serviço de urgência e emergência.

DESAFIOS

Consideradas como desafios da saúde pública no Brasil, a urgência e emergência têm demandado importantes iniciativas por parte das três esferas de governo, visando à organização dessa atenção, baseada nos princípios da universalidade, eqüidade, qualidade, eficácia e humanização. “Dentro desse contexto, é de fundamental importância a qualificação de profissionais médicos e enfermeiros que atuam nas equipes do Programa Saúde da Família do Pólo Fortaleza”, justifica Walter Santos.

Estudos epidemiológicos e dados estatísticos revelam índices alarmantes relativos a acidentes e outras ocorrências, se constituindo como uma das principais causas de morte na faixa etária de 20 a 40 anos. O atendimento inicial ao paciente com risco de vida exige de toda a equipe de saúde que trabalha nesta área, ações sistematizadas além de muito conhecimento, agilidade e rapidez.

Por conta disso, o curso a ser promovido pela ESP-CE, explica Walter Santos, irá preparar enfermeiros para atuarem com competência nas situações de urgência/emergência, através de uma sistematização no atendimento inicial aos clientes, transmitindo conhecimentos sobre a moderna metodologia dos procedimentos de enfermagem utilizada nos grandes centros do país.

METODOLOGIA

O conteúdo do curso será baseado na metodologia pedagógica do ATLS (Suporte de Vida no Trauma), ACLS (Suporte Avançado de Vida em Cardiologia) e PHTLS (Atendimento Pré-Hospitalar ao Traumatizado) na área de emergência com enfoque nos procedimentos de enfermagem.

As aulas serão ministradas por seis instrutoras do Núcleo de Capacitação de Enfermagem em Emergências, durante quatro dias, com 40 horas de aulas teóricas e práticas. As instrutoras serão Jacqueline Sampaio, Luciene de Andrade, Maria Corina Amaral, Ângela Rodrigues, Islene Barbosa e Maria Goretti Monteiro _ enfermeiras que atuam em unidades de emergência e lecionam em curso de enfermagem de instituições de ensino superior.

Como apoio didático às atividades, o curso utilizará recursos audiovisuais, manequins para simulação de situações de urgência e emergência com o intuito de estimular o aprendizado nos procedimentos de enfermagem.
 

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br