PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

ESP-CE promove curso de atualização para médicos

17 de setembro de 2008 - 17:10

 
 
A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) realiza, de 18 a 20 de setembro, a segunda turma do Curso de Atualização em Vigilância Epidemiológica e Acompanhamento dos Casos de Dengue Clássica e Hemorrágica. O curso tem carga horária de 20 horas-aula e é voltado para médicos das Coordenadorias Regionais de Saúde – CRES e de Fortaleza.  As palestras vão acontecer a partir das 8 horas, no Hotel Olympo (Avenida Beira Mar, 2.380).

A meta da Coordenadoria de Vigilância em Saúde da ESP-CE é realizar 11 turmas até junho de 2009, contemplando todos os municípios do Estado. Entre os palestrantes, os médicos Ivo Castelo Branco, Antônio Afonso Bezerra Lima, Tânia Mara Silva Coelho e Luciano Pamplona Góes Cavalcante. Entre os assuntos a serem tratados estão: aspectos epidemiológicos da dengue no Ceará; diagnóstico laboratorial; diagnóstico diferencial da dengue; tratamento das formas clínicas de dengue e fisiopatologia clínica das formas de dengue.

O grande objetivo do curso é compreender o comportamento epidemiológico das atividades de controle e do tratamento da dengue. Esta turma vai atender da 4ª à 9ª CRES (Coordenadorias Regionais de Saúde) e o município de Fortaleza. A iniciativa da ESP-CE tem o apoio da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará – COPROM/SESA.

A coordenadora da Vigilância em Saúde da ESP-CE, Alice Pequeno Marinho, afirma que é imperativo o desenvolvimento de estratégias para controle da dengue, atacando toda a sua cadeia epidemiológica. “O desafio continua centrado na busca de soluções que venham a atender a demandas de profissionais de saúde a fim de que se tornem aptos a prestarem assistência de qualidade, em qualquer nível de atenção aos pacientes com dengue, em todas as suas formas de apresentação”, argumenta Alice Marinho.

As vagas foram preenchidas por 40 médicos que atuam nos municípios da 4ª CRES – Aratuba, Aracoiaba, Baturité, Capistrano e Itapiúna – (10 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 5ª CRES – Boa Viagem, Canindé e Itatira (6 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 6ª CRES – Itapipoca, Trairi, Tururu e Umirim (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 7ª CRES – Aracati, Beberibe, Icapuí e Fortim (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 8ª CRES – Ibaretama, Quixadá, Quixeramobim e Ibicuitinga (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 9ª CRES – Jaguaruana, Morada Nova e Russas (6 vagas, sendo 2 vagas para cada município); e quatro vagas para o município de Fortaleza.

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br