PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

5. Técnico em Análises Clínicas

31 de julho de 2008 - 19:39

5.1 Apresentação:
As Ciências Laboratoriais aplicadas à Saúde são uma área científica inerente à investigação clínico- laboratorial, com a finalidade de dar suporte ao diagnóstico, tratamento e prevenção da doença. Baseia-se nos princípios da biologia celular e molecular com vista à compreensão do funcionamento normal e patológico no homem e outros animais. O estudo das Ciências Laboratoriais e a sua aplicação na saúde requerem conhecimentos sólidos em um leque abrangente de Ciências Sociais, Exatas, Biológicas e Médicas.  Esse estudo vai servir de suporte para a aquisição de saberes que permitam compreender a importância do laboratório no diagnóstico de condições específicas da doença, a fisiopatologia e biologia da doença, epidemiologia, identificação de técnicas estatísticas apropriadas para permitir uma interpretação válida dos resultados experimentais, conhecimento do Código de Boas Práticas Laboratoriais, incluindo aspectos de saúde e segurança e considerações éticas e legais.

5.2 Público-alvo:
Trabalhadores que atuam no Sistema Único de Saúde e pessoas da comunidade que tenham concluído ou estejam cursando o Ensino Médio.

5.3 Objetivos:
– Oferecer condições para que o educando desenvolva as competências profissionais necessárias e comuns aos trabalhadores da área da saúde e as competências específicas da profissão de técnico, de modo a favorecer o diálogo e a interação com os demais trabalhadores, facilitando a navegabilidade na área e ampliando seu campo de atuação.
– Melhorar a qualidade no atendimento nos laboratórios atendidos pelos SUS, realizando com excelência serviços de apoio no diagnóstico para contribuir com Atenção à Saúde.
– Aumentar a capacitação da equipe buscando ações multidisciplinares na investigação de novas tecnologias biomédicas relacionadas às Análises Clínicas e uma melhoria nos resultados dos exames para garantir atuação eficiente e eficaz na área da Saúde.
– Capacitar os técnicos de laboratórios para entender a importância dos resultados de um exame bem feito e suas conseqüências quanto ao resultado liberado de forma duvidosa garantindo qualidade de vida da população cearense.
– Oferecer novas oportunidades de trabalho aos jovens da região, contribuindo para a inserção social e qualidade de vida.

5.4 Metodologia:
Considerando as peculiaridades da educação profissional, a metodologia utilizada envolve técnicas dinâmicas e indissociáveis dos conteúdos, proporcionando a interação teoria-prática, priorizando-se a problematização, o que torna a aprendizagem mais significativa.

5.5 Conteúdo
O curso é ministrado em quatro módulos:
Módulo Contextual Básico: Introdução à Profissão de Técnico de Patologia Clínica; Gestão em Saúde e Planejamento do Trabalho; Educação para o Autocuidado; Saúde e Segurança do Trabalho; Biossegurança nas Ações de Saúde; Ética e Legislação em Saúde; Suporte Básico de Vida.
Módulo Específico I: Estrutura Básica Organizacional, Tecnológica e Humana do Laboratório de Análises Clínicas; Uso de Vidrarias; Uso do Microscópio Óptico; Fatores de Interferência Pré-analíticas nos Resultados de Exames Laboratoriais; Coleta de Amostras Biológicas; Coleta de Amostras Sanguíneas; Noções em hematologia.
Módulo Específico II: Noções em Imunologia, Coagulação, Bioquímica Clínica, Uroanálise, Parasitologia, Microbiologia e Gasometria.
Módulo Específico III: Noções em Virologia e Hormonologia; Marcadores Tumorais; Biologia Molecular; Fase Pós-Analítica; Infecção Hospitalar e Biossegurança Laboratorial; Esterilização e Desinfecção; Controle de Qualidade.

5.6 Carga-horária:
1.800 horas distribuídas entre 1.200 horas teórico-práticas e 600 horas de estágio supervisionado.