PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

12. Técnico em Apoio ao Acolhimento em Saúde

31 de julho de 2008 - 19:32

12.1 Apresentação:
A função Técnico de Apoio ao Acolhimento em Saúde – TAAS nasce da necessidade de qualificar os trabalhadores que atuam na porta de entrada das unidades de saúde e estabelecem o primeiro contato do serviço de saúde com a população. Consiste em receber e informar o usuário, organizando o fluxo do atendimento nesses ambientes, com escuta ativa, comunicação e informação clara e compreensível, encaminhamentos resolutos, monitoramento e avaliação da mobilidade dos usuários nos serviços.  
 Sua atuação deverá ocorrer em instituições destinadas à prestação de serviços à saúde da população nos níveis de atenção primária, secundária e terciária. O Técnico de Apoio ao Acolhimento em Saúde é uma inovação na atual configuração da rede de saúde do Ceará, prestando serviços de maneira direta ao usuário, sua família e ao cidadão de uma maneira geral, com responsabilização e vínculo, contribuindo para o fortalecimento da Política de Saúde como direito de cidadania.

12.2 Público-alvo:
Trabalhadores que atuam na porta de entrada ou no primeiro contato dos serviços de saúde com a população usuária do SUS, que tenham concluído ou estejam cursando o Ensino Médio.

12.3 Objetivos:
– Oferecer condições para que o educando desenvolva as competências profissionais necessárias e comuns aos trabalhadores da área da Saúde e as competências específicas da profissão de técnico, de modo a favorecer a qualidade da atenção à saúde, o diálogo e a interação com os demais trabalhadores, facilitando a navegabilidade na área e ampliando seu campo de atuação.
– Formar técnicos para atuar de maneira qualificada na porta de entrada dos serviços de saúde favorecendo o acesso do cidadão e a resolutividade dos serviços;
– Favorecer a adoção de atitudes positivas por parte dos profissionais da recepção dos serviços de saúde, constituindo-se em Técnico de Apoio ao Acolhimento em Saúde promovendo mudanças e oportunizando novas situações profissionais.

12.4 Metodologia:
O programa de Técnico de Apoio ao Acolhimento em Saúde (TAAS) foi construído e será desenvolvido com base na abordagem por competências, tendo como objetivo melhorar a capacitação dos profissionais de saúde para responder adequadamente às necessidades da comunidade e enfrentar novos desafios, promovendo, além da aprendizagem de conhecimentos integrados, o desenvolvimento de atitudes de cooperação, suporte mútuo e congruência social.  

12.5 Conteúdo:
O curso estrutura-se em módulos:
Módulo Contextual Básico: abordará as competências gerais para a formação técnica na área da saúde.
Módulo Específico: desenvolverá as competências específicas da formação de TAAS. Constituem conteúdos dos módulos: Introdução ao Mundo do Trabalho; Aplicação Básica de Informática; Referenciais Filosóficos e Saúde; Saúde e Contexto Sócio-Político I; Comunicação e Trabalho; Saúde e Contexto Sócio-Político II; Recepção Ativa; Psicologia e Saúde; Sociologia e Saúde; Informação e Trabalho em Saúde; Mobilidade nos Serviços de Saúde; Avaliação do Estado de Saúde; Indicadores de Saúde; Trabalho com Grupos; Ambiência em Saúde; Suporte Básico de Vida; Risco e Vulnerabilidade em Saúde; Ambiente de Trabalho; Planejamento dos Processos de Trabalho; Estágio em Ambiente de Trabalho.

12.6 Carga-horária:
1.800 horas, compreendendo conteúdos teórico-práticos e estágio supervisionado.