PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

10. Básico em Controle de Infecção em Serviços de Saúde

31 de julho de 2008 - 19:18

10.1 Apresentação: A ocorrência de infecções em serviços de saúde causa transtornos para a saúde pública, as instituições e os pacientes, sendo responsável direta ou indiretamente por elevações nas taxas de morbi-mortalidade, tempo de internação e dos custos decorrentes, além de ameaça de disseminação de patógenos multirresistentes nos ambientes. A ampliação da abrangência das ações de prevenção e controle para os demais serviços de saúde valoriza a prevenção e controle de risco e o alcance de resultados na redução da freqüência e gravidade das infecções.
A Escola de Saúde Pública do Ceará desenvolveu o curso visando a atender às necessidades de capacitação dos profissionais de saúde que atuam na área de controle de infecções nos serviços de saúde, no sentido de instrumentalizá-los para o enfrentamento desse problema e a adoção de medidas que visem minimizar os riscos.

10.2 Público-alvo: Profissionais de nível superior que atuem na rede hospitalar e membros das Comissões de Controle de Infecção em Serviços de Saúde.

10.3 Objetivos:
– Compreender a fisiopatogenia das principais infecções hospitalares e identificar os fatores de risco que aumentam sua ocorrência;
– Indicar medidas de prevenção eficazes para a minimização da ocorrência das infecções relacionadas à  assistência à saúde;
– Identificar o mecanismo de resistência desenvolvido pelos principais microorganismos causadores de infecção hospitalar;
– Conhecer metodologias para racionalizar o uso de antimicrobianos a fim de assistir adequadamente o paciente e minimizar o impacto ambiental; 
– Compreender quais são os objetivos da vigilância epidemiológica das infecções hospitalares;
– Identificar o método prospectivo com busca ativa de dados como o ideal para a adequada prevenção e controle das infecções hospitalares.

10.4 Conteúdo: História do Controle de Infecção Hospitalar; Legislação relacionada ao Controle de Infecções; Cadeia Epidemiológica de transmissão das Infecções; Principais Infecções Nosocomiais; Investigação de Surtos em Neonatologia; O Papel dos Profissionais de Saúde no Controle das Infecções Hospitalares; Medidas de Precaução e Isolamento; Microbiologia Clínica aplicada à Infecção Hospitalar; Uso Racional de Antimicrobianos; Limpeza de Ambientes, Artigos e Superfícies; Vigilância Epidemiológica das Infecções Hospitalares.  Critérios NNISS de Diagnóstico das Infecções Hospitalares; Sistema Nacional de Notificação das Infecções Hospitalares – SINAIS;

10.5 Metodologia: O processo de ensino-aprendizagem dar-se-á por meio de exposições interativas, discussões em pequenos grupos, estudo dirigido de textos, atividades práticas.

10.6 Carga-horária: 40 horas.