PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Comitê discute implantação de Núcleo da Fiocruz no Ceará

28 de janeiro de 2009 - 16:10

 

Discutir as estratégias de implantação do Núcleo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Ceará, com participação do Governo do Estado. Este é o objetivo da reunião que vai acontecer nesta quinta-feira (29/01) e sexta-feira (30/01) na Escola de Saúde Pública do Ceará, a partir das 9 horas. O núcleo vai trabalhar com três linhas de ação: Fortalecimento da Atenção Básica; Desenvolvimento da Indústria de Medicamentos e Desenvolvimento de Novas Tecnologias para as Unidades de Saúde.

 

Nesse primeiro momento, as discussões vão girar em torno da Atenção Básica; mais especificamente em relação à necessidade da implantação de uma pós-graduação em Saúde da Família em nível de mestrado e doutorado. “É fundamental que os profissionais da área de saúde aprofundem seus conhecimentos sobre o PSF desde a graduação. Para isso, é preciso investir na formação de professores”, afirma o médico sanitarista Carlile Lavor, que faz a interlocução entre Governo e Fiocruz.

 

Lavor acrescenta que a Fundação está expandindo suas atividades para várias regiões do País e chega ao Ceará pelas ações já desenvolvidas no Estado na área de Saúde Pública, Pesquisa Científica e Tecnologia em Saúde. “Os pesquisadores cearenses vêm dando uma grande contribuição, com uma produção científica satisfatória, mas chegou a hora de investir também na produção industrial”.

 

Ao destacar a missão da ESP-CE nesse processo, Lavor lembra que a instituição é parceira permanente, por ser referência em pós-graduação na área de saúde pública. “A Escola dispõe de uma boa estrutura, excelente corpo docente e está ajudando para que este núcleo seja consolidado”.

 

Presenças

 

A vice-presidente de Ensino da Fiocruz, Maria do Carmo, e seis professores da instituição estarão no encontro esta quinta-feira. Participam também coordenadores de pós-graduação da Universidade Federal do Ceará, Universidade Estadual do Ceará e Universidade de Fortaleza, além da Escola de Saúde Pública do Ceará.

 

São convidados a estar presentes, na sexta-feira, o secretário-executivo da Saúde do Estado, Arruda Bastos, o secretário da Saúde de Fortaleza, Alex Mont’Alverne, o secretário da Ciência e Tecnologia, René Barreira e gestores das universidades, da ESP-CE e da Escola de Formação em Saúde da Família de Sobral. Segundo Lavor, esse grupo está representado em um comitê, que trabalha desde julho do ano passado em uma sala da ESP-CE.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br