PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Estudantes das Escolas Profissionais Estaduais se reúnem em Fortaleza

22 de janeiro de 2009 - 14:35

O evento que ocorrerá no Centro de Treinamento Professor Antônio Albuquerque(rua Adolfo Moreira de Carvalho, s/n – Edson Queiroz) reunirá 80 alunos, provenientes dos cursos técnicos ofertados.

Troca de experiências, debates e atividades culturais são alguns dos atrativos do Encontro dos Estudantes das Escolas Estaduais de Educação Profissional, promovido pela Secretaria da Educação(Seduc), quinta e sexta-feira, dias 22 e 23 de janeiro, das 8 horas às 17 horas. O evento que ocorrerá no Centro de Treinamento Professor Antônio Albuquerque(rua Adolfo Moreira de Carvalho, s/n – Edson Queiroz) reunirá 80 alunos, provenientes dos cursos técnicos ofertados. Também participam 20 representantes de unidades de ensino, entre diretores, coordenadores e professores. A abertura que terá a presença da secretária Izolda Cela, contará com a apresentação da banda de rock, Igualdade Social.

De acordo com Dária Belém, técnica da Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola, o encontro tem como objetivo fortalecer o protagonismo juvenil dos estudantes das escolas profissionalizantes, promovendo uma troca de experiências desses jovens tanto entre si, quanto junto a outros grupos que já desenvolvem ações sociais empreendedoras. “Nós queremos que o aluno reflita sobre sua ação enquanto sujeito responsável por sua vida e sua formação”, afirma Dária.

Durante o primeiro dia, os jovens participarão do desafio “A escola profissionalizante na minha vida “, quando deverão planejar uma apresentação de forma dinâmica e inusitada para mostrar suas impressões sobre o tema. À tarde, os alunos do Projeto E-jovem, desenvolvido pela Seduc, vão apresentar experiências desenvolvidas na área do empreendedorismo social.

Consta do último dia do encontro, a participação de organizações sociais empreendedoras como Titanzinho Digital e MH20 que falarão do trabalho que realizam e de suas trajetórias. Um novo desafio está previsto para os alunos. Dessa vez, deverão expor o que pensam sobre “Como ser sujeito de transformação do mundo, da sociedade, da comunidade, da minha escola, do meu curso”.

Em 2007, o Governo do Estado, por meio da Seduc, inaugurou 25 Escolas de Educação Profissional, na capital e no interior, com a proposta de articular o currículo do ensino médio com a formação para o mundo do trabalho. Atualmente, as escolas ofertam os cursos de Enfermagem, Segurança no Trabalho, Turismo e Informática. Os estabelecimentos também abrigam o projeto E-jovem, cujo conteúdo é fundamentado nas disciplinas Inglês Instrumental, Informática, Lógica das Linguagens de Português e Matemática, além de Empreendedorismo Social. Os participantes são capacitados em tecnologia da informação e comunicação, empreendedorismo e cooperativismo, ampliando as chances de emprego e renda nas áreas mais pobres do Estado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Seduc