PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Fórum prepara PSF para controle da aids em homens com mais de 50

26 de novembro de 2008 - 13:32

Para atualizar e preparar ainda mais os profissionais da saúde família e marcar o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, em 1º de dezembro, a Secretaria da Saúde do Estado realiza quarta e quinta-feira, dias 26 e 27, o Fórum Científico de HIV/Aids na Atenção Básica. O fórum reunirá 300 profissionais das regionais de saúde, dos 16 municípios prioritários da Política de Incentivo à Prevenção das DST/Aids e dos municípios com serviços de referência em Aids na Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), na Avenida Antônio Justa, 3161, Meireles.

Este ano, por orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Dia Mundial de Luta Contra a Aids de 2008 centrará o foco da campanha são homens com mais de 50 anos de idade. Essa faixa etária apresentou aumento significativo de casos de Aids nos últimos cinco anos, inclusive no Ceará. Desde o primeiro caso registrado no Estado, em 1983, até julho de 2008, foram notificados 8.076 casos de Aids no Ceará. A doença afeta mais o sexo masculino, que registra 5.728 casos (71%), contra 2.348 casos entre mulheres (29%). Nos últimos quatro anos, o número de casos de Aids variou de 757 em 2004, 641 em 2005, 531 em 2006 e 559 em 2007. Os óbitos por Aids passaram de 209 em 2004 para 202 em 2005, 239 em 2006 e 252 no ano passado.

Em setembro deste ano, a Secretaria da Saúde reuniu representantes dos 16 municípios prioritários da Política de Incentivo à Prevenção das DSTs/Aids no Ceará para avaliar resultados e planejar novas diretrizes para o Plano de Ações e Metas (PAM) em 2009.Técnicos do Núcleo de Prevenção e Controle de Doenças da Sesa apresentaram o Plano de Redução da Transmissão Vertical da Aids e analisaram o Plano Nacional de Enfrentamento da Epidemia de Aids do Ministério da Saúde. As conclusões dos debates deram subsídios para a consolidação do Plano de Ações e Metas para 2009 da Secretaria da Saúde do Estado e das secretarias municipais de Saúde.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará (Ascom-Sesa)