Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

Dieps conclui currículo do Curso de Desenvolvimento Infantil

Qua, 24 de maio de 2017 16:45

 

 

A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), através da sua Diretoria de Educação Profissional em Saúde (Dieps), concluiu, no último dia 22, a construção do currículo a ser aplicado no Curso de Aperfeiçoamento em Desenvolvimento Infantil. O programa da formação, que começou a ser formatado em abril deste ano, foi pensado em conjunto com a uma equipe interdisciplinar composta por profissionais da área da saúde, educação e assistência social.
 
 
Durante o encontro, foi feito o detalhamento da matriz curricular do curso a partir de cada um dos seus três módulos. Proposição de dinâmicas de acolhimento e interação, atividades com base na troca de saberes entre alunos e facilitadores, além de um estudo mais sistemático sobre as políticas públicas no Brasil são alguns dos temas que comporão o currículo da formação.

 
Realizado em parceria com o Programa Mais Infância Ceará, o curso busca oportunizar a qualificação dos trabalhadores de nível médio que atuam como Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no Ceará. Com previsão de início das atividades no segundo semestre deste ano, a ideia é que cerca de 17 mil profissionais sejam capacitados até o final de 2018 para atuarem nas cinco Macrorregionais do Ceará.
 
 
Para Metilde Carvalho, terapeuta ocupacional e uma das autoras do Curso Família Brasileira Fortalecida, esse foi um rico momento de discussão entre as áreas que fundamentaram o programa do curso. “Estamos tendo a oportunidade de trazer o que há de mais novo em termos de legislação, atuação desses profissionais na busca pelo enriquecimento da sua atuação junto às famílias, gestantes e crianças”, ressaltou.

 
Essa perspectiva de inter-relação entre os fazeres também foi colocada por Theófilo Gravidis. De acordo com o psicólogo, que também ajudou na construção curricular do curso, a educação continuada é uma das formas mais eficazes de valorização junto aos ACS. “O que a ESP/CE está conseguindo fazer é o que a nossa política precisa reconhecer, que é um diálogo intersetorial. E isso contribui para a riqueza do material que está sendo construído”, destacou.
 

 

O curso

O Curso de Aperfeiçoamento em Desenvolvimento Infantil possuirá carga horária de 200 horas, sendo 120 na forma presencial e 80 horas na modalidade à distância. Planejado para um total de 63 turmas, a formação será composta por três Módulos: Atenção à Saúde, Desenvolvimento Infantil, Cuidado e Educação na Infância. Além de um módulo de 60 horas sobre o Kit Família Brasileira Fortalecida e e 20 horas de Ação Prática.
 
 
O curso foi elaborado pela ESP/CE, em parceria com o Gabinete da Primeira-Dama e demais órgãos ligados ao Governo do Ceará e instituições da área da saúde e assistência social do Ceará. Nesse sentido, além de Matilde Carvalho e Theófilo Gravisia, participaram da reunião Deivid Pereira, Iêda Pires, Marley Carvalho, Sandra Luna, Wandelcy Pinto e Jadson Franco.

 
De acordo com a coordenação do curso, os editais para contratação dos facilitadores que acompanharão as atividades deverão ser abertos em breve. 
 
 
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Facebook: espce      

 

 
Divulgado o gabarito da prova escrita da Especialização em Medicina de Emergência

Seg, 06 de Janeiro de 2012 10h28

 

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) divulgam o gabarito da prova escrita, realizada no último dia 5, para ingresso na Especialização em Medicina de Emergência (molde residência). Para o complexo de emergência em Fortaleza, foram ofertadas seis vagas no programa Medicina de Emergência E1 e seis para a Medicina de Emergência E4. Para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral foram oferecidas quatro vagas no programa Medicina de Emergência E1. Os recursos poderão ser feitos nos dias 6 e 7 de fevereiro. O resultado final será divulgado oficialmente no dia 13 de fevereiro no site da ESP-CE.

Os médicos que concorreram às vagas para a Especialização em Medicina de Emergência E1 fizeram uma prova com 50 quesitos do tipo múltipla escolha, envolvendo conhecimentos de Medicina Social e Preventiva (10), Clínica Médica (10), Cirurgia (10), Pediatria (10) e Ginecologia e Obstetrícia (10). Já para os que disputaram às vagas para a Especialização em Medicina de Emergência E4, foi aplicada uma prova escrita, com 50 quesitos do tipo múltipla escolha, versando sobre temas em emergências médicas.

A Especialização em Medicina de Emergência terá duração de três anos iniciais, com a possibilidade de mais um ano opcional. A carga horária será de 60 horas semanais. O treinamento será desenvolvido nos principais hospitais de Fortaleza, como o Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital do Coração Messejana (HM), Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital de Saúde Mental de Messejana (HSMM), Hospital Albert Sabin (Hias) e estágios no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


Mais informações na Coordenadoria de Residências em Saúde da ESP-CE: (85) 3101.1424.

 

 Para visualizar o edital você precisa ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE

 

 

 
ESP/CE discute encaminhamentos de sua produção cientifica

Seg, 22 de maio de 2017 16:25

 

 

Uma equipe composta por membros da Diretoria de Educação Profissional em Saúde (Dieps) e da Diretoria de Pós-Graduação em Saúde (Dipsa) estiveram reunidos no último dia 18 com a coordenação do Centro de Investigação Científica (Cenic). Os profissionais discutiram uma agenda para a criação e publicações de estudos produzidos a partir das experiências desenvolvidas recentemente na Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE)

 

Para 2017, a Dieps propõe ao menos duas pesquisas, sendo uma relacionada à variáveis explicativas da evasão nos cursos da ESP/CE no período de 2005 a 2015 e outra ligada à identidade profissional e regulação do trabalho em saúde.

 

 

Já a Dipsa apresentou alguns projetos em desenvolvimento como estudos referentes à sala de vacina nos cursos do Centro de Educação Permanente em Vigilância da Saúde (Cevig); e também sobre um projeto de avaliação descentralizada do controle e vigilância dos casos de microcefalia nas policlínicas do Ceará.

 

 

Esses encontros são de grande importância para a ESP/CE por contribuir para a busca da excelência da atenção à saúde e consequente melhoria da qualidade de vida da população cearense, a partir de pesquisas sobre temas relevantes em saúde pública, bem como da difusão de conhecimentos técnicos e científicos por meio do ensino, de publicações e demais formas de partilha do conhecimento.

 

 

Além desse compartilhamento de experiências, a produção desses estudos no âmbito da Escola permite que seus profissionais possam trocar suas vivências na seara da pesquisa. Durante a reunião, acordou-se que tanto Dipsa quanto a Dieps intercambiariam informações e materiais que colaborassem na mútua produção dos estudos em andamento e àqueles a serem desenvolvidos.

 

 

Para Jadson Franco, assessor técnico da Dieps, esse é um movimento que afirma a relevância da produção que a ESP/CE mantém na área da educação permanente. “A integração das áreas tem permitido que nós possamos evidenciar a ESP/CE, colocando-a num patamar de produção acadêmica ao mesmo tempo em que se avalia por meio das pesquisas o nosso processo de trabalho interno”, ressalta ele, destacando o lugar de evidência em que a instituição se coloca a partir das pesquisas feitas.

 

 

Também participaram da reunião Vanessa Araújo, representando a Dieps, Olga Alencar e Wagner Germano, representando a Dipsa.
 
 
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Facebook: espce     
 

 

 
Residência Integrada em Saúde forma mais 327 profissionais
Seg, 09 de Maio de 2016 16:21

alt


A Secretaria da Saúde do Estado e a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE) realizam na quinta-feira, 19 de maio, às 15 horas, no auditório da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE) , Avenida Antônio Justa 3161, Meireles, a solenidade de encerramento da segunda turma do Programa de Pós-Graduação na modalidade Residência Multiprofissional em Saúde/Residência Integrada em Saúde (RIS-ESP/CE), dos componentes Comunitário e Hospitalar. Antes da solenidade, com o objetivo de evidenciar os resultados da Residência e valorizar e integrar ainda mais os profissionais, ocorrerão dois momentos, chamados de ¨Ritos de Encerramento, nos dias 17, 18 e 19 de maio: Mostra de Impactos da RIS-ESP/CE nos cenários de atuação e a Mostra de Vivências/Estágios Eletivos. Tudo ocorrerá na Escola de Saúde Pública do Ceará.

A Residência Integrada em Saúde é um programa de pós-graduação na modalidade Residência Multiprofissional em Saúde (especialização), em caráter de dedicação exclusiva e em regime de tempo integral, caracterizando-se como educação para o trabalho, através da aprendizagem em serviço, no âmbito dos sistemas municipais e estadual de Saúde ou região de Saúde. A RIS-ESP/CE ativa e capacita lideranças técnicas, científicas e políticas por meio da interiorização da Educação Permanente Interprofissional, na perspectiva de contribuir para a consolidação da carreira na saúde pública e para o fortalecimento das redes assistenciais do Sistema Único de Saúde (SUS).

Implantada em 2013, a RIS-ESP/CE aumentou a oferta de 222 para 327 vagas a 13 profissões da saúde em 2014, distribuídas em 11 ênfases:  Saúde da Família e Comunidade, Saúde Mental Coletiva e Saúde Coletiva, Enfermagem Obstétrica, Neonatologia, Pediatria, Infectologia, Neurologia e Neurocirurgia de Alta Complexidade, Cuidado Cardiopulmonar, Urgência e Emergência e Cancerologia. O programa tem duração mínima de dois anos, com carga horária total de 5.760 horas e 60 horas semanais. A carga horária é dividida em 80% de atividades práticas (imersão em serviço, plantões e estágios) e 20% de atividades teóricas (aulas teóricas, rodas tutoriais e estudo individual) ou teórico-práticas (Roda de Núcleo e Roda de Campo).

327 profissionais

Atualmente, a RIS-ESP/CE integra dez programas de Residência Multiprofissional em Saúde e um programa de Residência em Área Profissional da Saúde, com dois componentes - Componente Comunitário e Componente Hospitalar, com 11 ênfases e 327 vagas distribuídas em 41 instituições executoras. A Escola de Saúde Pública do Ceará é a instituição formadora. As instituições executoras são as coordenadorias regionais de saúde, as prefeituras municipais de Acopiara, Arneiroz, Aracati, Aquiraz, Brejo Santo, Canindé, Crateús, Eusébio, Fortaleza, Horizonte, Iguatu, Icapuí, Maracanaú, Maranguape, Reriutaba, Itapipoca, Tabuleiro do Norte e Tauá e os hospitais Instituto do Câncer do Ceará (ICC), Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), Hospital Geral Cesár Cals (HGCC), Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS) e Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ). A supervisão dos profissionais de saúde residentes é feita por 334 preceptores no componente comunitário e 278 no componente hospitalar.






Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara
 
Superintendente

 Superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará

 

 

O Superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), Salustiano Gomes de Pinho Pessoa, foi apresentado em cerimônia, no dia 9 de março de 2015, no auditório Ciro Gomes, na sede da instituição. O ato foi prestigiado pelo Secretário da Saúde do Ceará, Carlile Lavor.

 

 
 

Perfil

 

 
 

Salustiano Pessoa é médico formado em 1978 pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Fez Residência em Cirurgia Geral da Clínica Oncológica Fernando Pinto da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza; Residência no Programa de Ortopedia e Traumatologia no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Residência no Programa de pós-graduação em Cirurgia Plástica e Microcirurgia Reconstrutiva do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFC.

 

O gestor tem pós-graduação Strictu Sensu (Doutorado) pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), conclusão dos créditos (1988), MBA pela Fundação Getúlio Vargas em Gestão de Organizações Hospitalares e Sistemas de Saúde, Mestrado em Cirurgia pela UFC  e no momento elabora sua tese de Doutorado no Programa de pós-graduação Stricto Sensu, Departamento de Cirurgia da Famed-UFC.

 

Atualmente Salustiano Pessoa é Professor Adjunto do Departamento de Cirurgia da UFC; Coordenador da Disciplina de Cirurgia Plástica e Microcirurgia Reconstrutiva do Departamento de Cirurgia da UFC; Chefe do Ambulatório de Cirurgia Plástica do HUWC; Regente do Serviço de Cirurgia Plástica do HUWC; Coordenador do Programa de Residência Médica em Cirurgia Plástica (CNRM/MEC-SBCP); Coordenador Geral da Comissão Regional de Residência Médica (Corem) do HUWC; Presidente da Comissão Estadual de Residência Médica do Estado do Ceará (CEREM-CE); Membro da Comissão de Assuntos do Ministério da Educação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Nacional (Biênios 2012/2013, 2014/2015); Coordenador Geral do Grupo Gestor da Seleção Unificada para Residência Médica no Estado do Ceará (Surce), e responsável técnico do São Lucas – Hospital de Cirurgia e Anestesia.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 47

Serviços

Agenda - Maio 2017

Do Se Te Qu Qu Se Sa
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3

Escola de Saúde Pública do Ceará - Av. Antonio Justa, 3161 - Meireles, Fortaleza-CE - Cep 60165-090

Fone: (85) 3101.1398 - Fax (85) 3101.1423 - E-mail: esp@esp.ce.gov.br - Twitter: twitter.com/espce

Horário de Funcionamento: Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 08h00 às 12h00 e 13h00 às 17h00

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados - Ver localização no mapa