Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

Residência na Rua partilha primeiras devolutivas de 2017

Ter, 07 de agosto de 2017 14:26

 

 

 

A equipe do Projeto Residência na Rua: Saúde, Cultura e Arte (PRR) reuniu-se, no último dia 2, para apresentar os encaminhamentos iniciais das atividades realizadas no primeiro semestre de 2017. Implementada desde 2016, a iniciativa coordenada pela Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará (RIS-ESP/CE) é um projeto intersetorial de promoção da saúde e cidadania junto à população em situação de rua da Praça do Ferreira a partir de uma parceria da ESP/CE, Secretaria da Saúde do Ceará (SESA) e Secretaria da Cultura do Ceará (Secult).

 

 

Durante o encontro, a equipe do PRR socializou alguns dos casos acompanhados durante os cinco primeiros meses de atividades deste ano. O grupo, que iniciou os trabalhos em abril, conta com uma equipe multiprofissional de oito integrantes, entre residentes e preceptores que orientam as atividades dos profissionais em campo.
 
 
 

 

 

De acordo com Rafael Rolim, tutor da RIS-ESP/CE e coordenador do projeto, o que tem se verificado é a grande dificuldade de reinserção social de todas as pessoas em situação de rua que se encontram em áreas da cidade como a Praça do Ferreira. Ele explica que a equipe da PRR tem, nesse sentido, o importante papel de fazer a ponte entre essas pessoas que precisam de apoio clínico assistencial e as redes de atenção do estado.

 

 

“A gente apresenta a rede. Não fazemos um trabalho assistencialista. Mas sim de empoderamento dessas pessoas para que eles possam, a partir dai, se implicar no seu processo de socialização, de retorno ao trabalho e ao convívio familiar, se assim ele desejar”, afirma Rafael, que enfatiza a relevância do caráter interprofissional do programa, uma vez que a equipe do PRR conta com profissionais da área da enfermagem, da psicologia e do serviço social.

 

 

O tutor explica que na esfera da psicologia, por exemplo, os profissionais da equipe procuram trabalhar as subjetividades dessas pessoas que se encontram nas ruas entendo-os como um sujeito bio psicossocial. “Fazemos um trabalho de escuta qualificada para a compreensão dos problemas que geram toda vulnerabilidade psicológica que leva o indivíduo à situação de rua”, enfatiza.

 

 

Já nas áreas do serviço social e da enfermagem, a equipe vem dando apoio aos grupos que se encontram na Praça do Ferreira, principalmente em relação a orientações para retirada de documentos pessoais, acesso a equipamentos de saúde para a realização de acompanhamentos e tratamento de possíveis enfermidades.

 

 

Desde agosto de 2016, o grupo de residentes tem trabalhado com as pessoas em situação de rua, levando inclusive espetáculos que refletem a saúde mental e a cidadania. Em 2017, a equipe do PRR seguirá se reunindo sempre às terças e quartas-feiras em turnos alternados entre manha, tarde e noite. 
 
 
 
 
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
( Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. )
Twitter: @espce
Facebook: espce

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Seminário lança qualificação em desenvolvimento infantil nesta terça

Sex, 22 de setembro de 2017 16:47

 

 

 

 

 

 

Com o objetivo de capacitar profissionais de saúde na temática da Primeira Infância, a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE) por meio da Diretoria de Educação Profissional (Dieps), e em parceria com o Programa Mais Infância do Gabinete da Primeira-dama do Estado e o Instituto da Primeira Infância (IPREDE) realizará no próximo dia 26 de setembro seu "Seminário Mais Infância Ceará: Compreendendo o Desenvolvimento Infantil" para 184 municípios do Ceará.
 

 

A cerimônia marca o lançamento estadual do Curso de Qualificação em Desenvolvimento Infantil e ocorrerá no Centro de Eventos do Ceará (CEC) a partir das 08 horas. O encontro terá como principal objetivo recepcionar os profissionais que atuam como agentes comunitários de saúde e que participarão da formação, além de apresentar suas diretrizes a gestores e demais autoridades de Estado presentes. O momento também propiciará o estímulo de articulações com gestores, e do pensamento dos trabalhos em nível de Estado.
 

 

 

A capacitação em desenvolvimento infantil, terá carga horária de 100 horas/aulas, sendo 60 horas online orientadas para a iniciativa “Família Brasileira Fortalecida na Atenção à Primeira Infância”, e 40 horas divididas entre encontros presencias e atividades práticas que abordará temáticas sobre Desenvolvimento Infantil, Atenção à Saúde, Cultura de paz e Educação na Infância.
 

 

 

Além da formação dos profissionais, a proposta objetiva, no final de seu programa, entregar à gestão municipal um Diagnóstico Situacional da Primeira Infância e Um Projeto de Intervenção Local, a ser construído durante o processo de formação. Esse documento será construído e apresentado a cada uma das cidades contempladas com a formação.
 

 

 

Para Jadson Franco, assessor técnico para educação profissional da ESP/CE e Coordenador Estadual da Formação, a capacitação permitirá aos profissionais identificar aspectos do desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo e social da Primeira Infância. “Bem como do olhar interessado para esta temática no território. A formação contemplará ainda os municípios com um diagnóstico situacional e um plano de intervenção para a Primeira Infância de cada cidade”, afirma.
 

 

 

A capacitação permitirá aos profissionais identificar aspectos do desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo e social da Primeira Infância, bem como do olhar interessado para esta temática no território, a formação contemplará ainda os municípios com um diagnóstico situacional e um plano de intervenção para a Primeira Infância de cada cidade.
 


Família Brasileira Fortalecida

O curso Família Brasileira Fortalecida foi desenvolvido pela Rede de Educação a Distância (READS), é promovido pelo Governo do Ceará, por meio do Gabinete da Primeira-Dama, da Secretaria da Saúde do Estado, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Instituto da Primeira Infância (IPREDE), Universidade Federal do Ceará (UFC), e realizado pela ESP/CE.
 

 

A iniciativa da formação em desenvolvimento infantil integra o pilar Tempo de Crescer, que promove a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários através de serviços e formações que contemplem profissionais, pais e cuidadores.
 
 
 
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Facebook: espce        

 

 

 

 

 
Divulgado o gabarito da prova escrita da Especialização em Medicina de Emergência

Seg, 06 de Janeiro de 2012 10h28

 

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e a Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) divulgam o gabarito da prova escrita, realizada no último dia 5, para ingresso na Especialização em Medicina de Emergência (molde residência). Para o complexo de emergência em Fortaleza, foram ofertadas seis vagas no programa Medicina de Emergência E1 e seis para a Medicina de Emergência E4. Para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral foram oferecidas quatro vagas no programa Medicina de Emergência E1. Os recursos poderão ser feitos nos dias 6 e 7 de fevereiro. O resultado final será divulgado oficialmente no dia 13 de fevereiro no site da ESP-CE.

Os médicos que concorreram às vagas para a Especialização em Medicina de Emergência E1 fizeram uma prova com 50 quesitos do tipo múltipla escolha, envolvendo conhecimentos de Medicina Social e Preventiva (10), Clínica Médica (10), Cirurgia (10), Pediatria (10) e Ginecologia e Obstetrícia (10). Já para os que disputaram às vagas para a Especialização em Medicina de Emergência E4, foi aplicada uma prova escrita, com 50 quesitos do tipo múltipla escolha, versando sobre temas em emergências médicas.

A Especialização em Medicina de Emergência terá duração de três anos iniciais, com a possibilidade de mais um ano opcional. A carga horária será de 60 horas semanais. O treinamento será desenvolvido nos principais hospitais de Fortaleza, como o Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital do Coração Messejana (HM), Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital de Saúde Mental de Messejana (HSMM), Hospital Albert Sabin (Hias) e estágios no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


Mais informações na Coordenadoria de Residências em Saúde da ESP-CE: (85) 3101.1424.

 

 Para visualizar o edital você precisa ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE

 

 

 
RIS-ESP/CE inicia módulo de Construção do Conhecimento

Sex, 22 de setembro de 2017 15:58

 

 

A Residência Integrada em Saúde (RIS-ESP/CE) iniciou no último dia 13, seu Módulo de Construção do Conhecimento. Ao todo, foram três dias de atividades envolvendo palestras, aulas expositivas e rodas de debates orientadas a partir das especificidades de cada uma das ênfases de que a RIS se constitui.
 
 

 

Na quinta-feira, 14, e sexta-feira, 15, os residentes participaram de encontros como as Rodas Integradas e as Rodas Tutoriais, que são estratégias de discussões a partir de cada uma das ênfases que compõem a formação.
 
 

 

Nos encontros com a turma que compõe a ênfase em saúde mental, uma dessas discussões foram a respeito da atenção psicossocial, onde os profissionais residentes tiveram a oportunidade de debater como as expressões artísticas podem atuar na promoção em saúde na perspectiva da atenção psicossocial. Além de um debate acerca dos principais aspectos e desafios da Reforma Psiquiátrica brasileira.
 

 

 

Já os residentes que compõem a ênfase em Saúde da Família, por exemplo, participaram de uma palestra com Ana Virgínia, assessora técnica da Central de Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (SESA). Durante o encontro, os profissionais puderam discutir uma série de questões ligadas à regulação das referências dos procedimentos hospitalares da rede de saúde do Estado bem como no Brasil.
 
 

 

Durante o presente módulo, os residentes começarão a sistematizar, a partir das experiências vivenciadas nos últimos 6 meses de Residência, seus Trabalhos de Conclusão de Residência (TCR). De acordo com Rafael Rolim, tutor da RIS-ESP/CE, esse é um momento em que os residentes começam a esboçar suas pesquisas acadêmicas dentro do curso.
 

 

 

E a produção acadêmica parte de algumas questões norteadoras, como: o que é pesquisar? Quais as possibilidades de pesquisa dentro da Residência? “Eles falarão das suas experiências e como elas trarão uma reflexão do seu trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS)”, explica.
 
 
 
 
Rafael destaca também o caráter prático que o residente experimenta e que potencializa sua produção teórica no momento de sistematizar sua pesquisa dentro do curso. "O residente está dentro do cenário real do SUS e a partir dessa prática é que ele reflete com a teoria, trazendo para a teoria para a discussão da sua prática”, finaliza.
 

 

 

De acordo com a equipe pedagógica da RIS-ESP/CE, o período de validação dos trabalhos e pesquisas desenvolvidas pelos residentes ocorrerá em dezembro deste ano. 

 

 

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
( Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. )
Facebook: espce    

 

 

 

 

 
EpiSUS e Vigilância das IST reiniciam atividades

3 de julho de 2017 15:31

 

 

A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), por meio do Centro Educação Permanente em Vigilância da Saúde (CEVIG), iniciou, no dia 3, a segunda turma do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviço do SUS – EpiSUS – Fundamental. As aulas prosseguem até 7 de julho na sala 3 do prédio anexo da ESP/CE.
 
 
O curso, com duração de 12 semanas, é resultado da Carta de Colaboração firmada em 13 de março entre o Ministério da Saúde, a Rede de Programas de Treinamento em Epidemiologia de Campo e Intervenções em Saúde Pública (TEPHINET) e a Rede Sulamericana de Programas de Treinamento em Epidemiologia de Campo (REDSUR), para o planejamento e implementação de atividades relacionadas à formação, o desenvolvimento e o uso de profissionais capacitados em epidemiologia de campo e saúde pública.
 

 

A primeira turma do projeto-piloto do curso foi formada em junho último. Dessa turma, 25 profissionais da vigilância participaram do treinamento que capacitou profissionais de secretarias estaduais e municipais de saúde que enfrentaram a emergência da epidemia de Zika vírus e suas consequências ou que se localizam em área de fronteira com outros países.
 
 


IST

 

Além dessa turma do EpiSUS, a ESP/CE receberá, no período de 3 a 5 deste mês, o segundo Módulo do Curso Básico de Vigilância das IST/HIV/Aids, Sífilis Congênita e Hepatites. A formação objetiva fortalecer as ações de vigilância epidemiológica com vistas ao planejamento, monitoramento e avaliação das ações de prevenção e controle dessas doenças.
 
 

 

Em Fortaleza, o curso destina-se a coordenadores da Vigilância Epidemiológica e terá carga horária de 24 horas e suas atividades ocorrerão por meio de atividades de acolhimento, exposições dialogadas, estudos de caso, entre outras práticas. Esta mesma formação também ocorreu no município de Sobral no período de 21 a 23 de junho. Seu segundo módulo ocorrerá de 2 a 4 de agosto.
 
 
 
 
 
Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Facebook: espce      
 
 

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 56

Serviços

Agenda - Setembro 2017

Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Escola de Saúde Pública do Ceará - Av. Antonio Justa, 3161 - Meireles, Fortaleza-CE - Cep 60165-090

Fone: (85) 3101.1398 - Fax (85) 3101.1423 - E-mail: esp@esp.ce.gov.br - Twitter: twitter.com/espce

Horário de Funcionamento: Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 08h00 às 12h00 e 13h00 às 17h00

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados - Ver localização no mapa