PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Médicos são treinados para combate à dengue

9 de setembro de 2008 - 14:01

 
A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE) encerra as inscrições, no próximo dia 11, para o Curso de Atualização em Vigilância Epidemiológica e Acompanhamento dos Casos de Dengue Clássica e Hemorrágica. O curso, a ser realizado de 18 a 20 de setembro, no Hotel Olympo (Avenida Beira Mar, 2.380), é voltado para médicos das Coordenadorias Regionais de Saúde – CRES e de Fortaleza.

Promovido pela Vigilância em Saúde da ESP-CE, o curso objetiva aprofundar os conhecimentos sobre os conceitos envolvidos na compreensão do comportamento epidemiológico das atividades de controle e do tratamento da dengue. Esta será a segunda turma que irá atender da 4ª à 9ª CRES (Coordenadorias Regionais de Saúde) e o município de Fortaleza. A iniciativa da ESP-CE tem o apoio da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará – COPROM/SESA.

A progressão da incidência de casos de dengue e de áreas infestadas pelo mosquito Aedes-aegypti vem acarretando conseqüências para a população cearense de manifestações clínicas da doença desde formas brandas até graves que podem levar ao óbito. Por conta disso, a coordenadora da Vigilância em Saúde da ESP-CE, Alice Pequeno Marinho, afirma que é imperativo o desenvolvimento de estratégias para controle dessa doença, atacando em toda sua cadeia epidemiológica. “O desafio continua centrado na busca de soluções que venham a atender a demandas de profissionais de saúde a fim de que se tornem aptos a prestarem assistência de qualidade, em qualquer nível de atenção aos pacientes com dengue, em todas as suas formas de apresentação”, argumenta Alice Marinho.

As vagas serão preenchidas por médicos que atuam nos municípios da 4ª CRES – Aratuba, Aracoiaba, Baturité, Capistrano e Itapiúna – (10 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 5ª CRES – Boa Viagem, Canindé e Itatira (6 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 6ª CRES – Itapipoca, Trairi, Tururu e Umirim (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 7ª CRES – Aracati, Beberibe, Icapuí e Fortim (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 8ª CRES – Ibaretama, Quixadá, Quixeramobim e Ibicuitinga (8 vagas, sendo 2 vagas para cada município); 9ª CRES – Jaguaruana, Morada Nova e Russas (6 vagas, sendo 2 vagas para cada município); e quatro vagas para o município de Fortaleza.

Os interessados em participar do curso deverão preencher a ficha de inscrição enviada por fax para cada CRES e município de Fortaleza. As fichas de inscrição deverão ser enviadas por fax para a Vigilância em Saúde da ESP-CE pelo fone 3101.1400.

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP-CE – ascom@esp.ce.gov.br