PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

3. Organização da Rede de Atenção: vítimas de violência doméstica

31 de julho de 2008 - 19:49

3.2 Apresentação: A violência é um fenômeno social presente em todas as sociedades que cerceia direitos fundamentais, ameaça à vida, produz enfermidades e altera a saúde física e emocional de suas vítimas.
O Brasil possui legislação específica para o cumprimento dos direitos humanos fundamentais como o Estatuto da Criança de do Adolescente e o Estatuto do Idoso, no entanto, mesmo com referido aparato legal e com os Conselhos de Direito, as estatísticas mostram grande incidência de casos de violências, realidade que suscita maior atenção por parte dos legisladores, trabalhadores e gestores de políticas públicas.
Reconhecendo este cenário e com o papel social de transformá-lo a Escola de Saúde Pública do Ceará oferece a Capacitação para a Organização da Rede de Atenção às Vítimas de Violência, em consonância com a Política Nacional de Redução de Morbimortalidade por Acidentes e Violências (Portaria MS/GM Nº 737/2001) e como Instituição de Ensino intregrante da Rede Nacional de Prevenção da Violência e Promoção da Saúde (Portaria MS/GM 936/2004).

3.3 Público-alvo: Profissionais dos serviços de atendimento a saúde, psicológico, social, policial e jurídico, nas categorias profissionais, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, advogados, delegados, juizes, promotores de justiça e conselheiros tutelares e de direitos.

3.4 Objetivos: Desenvolver nos participantes conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias a torná-los aptos a prestar atenção integrada e humanizada às vítimas de violência doméstica e participar da organização da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Doméstica no Município.

3.5 Conteúdo:
As seis unidades do curso versam sobre:
Unidade I – Definindo Violência: Conceitos, aspectos socioculturais, políticos e econômicos;
Unidade II – Vigilância Epidemiológica da Violência;
Unidade III – A Família no Contexto da Violência;
Unidade IV – Direito Ética e Cidadania;
Unidade V – Organização do Serviços de Atendimento às Vítimas de Violência;
Unidade VI – Organização da Rede de atenção às vítimas de Violência Doméstica.

3.6 Metodologia: O Curso tem como referência metodológica a problematização e objetiva desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes promotoras de um processo dialógico e reflexivo de mudança da situação de atendimento às vitimas de violência doméstica para uma situação ideal de prevenção e promoção da saúde da população, através de ações pedagógicas como análise da realidade, identificação das causas do problema e teorização, formulação de hipóteses de solução e aplicação à realidade.


3.7 Carga-horária: 244 horas distribuídas em quatro momentos: sensibilização, reflexão, intervenção e partilha colaborativa com 70 horas em atividades presenciais e 174 horas em estudo à distância.