Estrutura Organizacional

 

A Escola de Saúde Pública do Ceará – ESP/CE, criada pela Lei nº12.140, de 22 de julho de 1993, com competência redefinida de acordo com o inciso IV do art. 78 da Lei nº 13.875, de 7 de fevereiro de 2007, e reestruturada de acordo com o Decreto nº 30.602, de 15 de julho de 2011, é uma entidade da Administração Indireta Estadual, de natureza autárquica, vinculada a Secretaria da Saúde do Ceará – SESA, regendo-se por regulamento próprio, pelas normas internas e a legislação pertinente em vigor. achamos

 

A busca por melhores resultados é fundamental para que qualquer organização se mantenha sustentável, tanto no setor público ou privado. Desse modo, a definição da Missão, Visão e Valores representa a intenção estratégica, o pensar sistêmico, que deve influenciar o comportamento e as atitudes dos colaboradores da Escola de Saúde Pública do Ceará. A disseminação e internalização tem sido alvo permanente de monitoramento avaliação no sentido de aferir se estamos no rumo certo.

 

Missão

Promover a formação e educação permanente, pesquisa e extensão na área da saúde, com inovação e produção tecnológica, integrando ensino-serviço-comunidade, construindo parcerias e redes colaborativas para atender as necessidades sociais e do SUS.

 

Visão de futuro

Ser reconhecida como instituição de excelência na formação e educação permanente, em práticas inovadoras de ensino, pesquisa, extensão e produção tecnológica, na área da saúde, no âmbito estadual, nacional e internacional até 2019.

 

Valores organizacionais

Ética: Cumprimento dos princípios constitucionais da moralidade, legalidade e impessoalidade.
Equidade: Princípio doutrinário do Sistema Único de Saúde (SUS) e tem relação direta com os conceitos de igualdade e de justiça.
Responsabilidade Socioambiental: Adoção de práticas solidárias, com uso sustentável dos recursos em prol das gerações atuais e futuras.
Eficiência: Alcance dos melhores resultados com menor dispêndio de tempo e recursos.
Respeito à Diversidade: Respeito às características distintivas de pessoas e comunidades, em seus modos de ser/agir.
Transparência: Ampla publicidade e fácil acesso.
Inovação Contínua: Adoção de novas práticas e aperfeiçoamento das atuais com foco na excelência da gestão.
Colaboração: Estímulo ao melhor desempenho no trabalho e mais desenvolvimento humano.